1 1 1 1 1 Pontuação 5.00 (1 Votos)

O peixe-espada preto

peixe espada preto 1 O peixe-espada preto tem um corpo achatado em forma de fita, de cor preto iridescente e uma cauda fina e bifurcada. Possui olhos e boca grandes e não tem escamas.

É encontrado em Portugal Continental na zona de Sesimbra e também nos Arquipélagos da Madeira e dos Açores, onde habita em zonas de grande profundidade, entre os 200 e os 1.600 metros.

A pesca do peixe-espada preto parece ter tido uma origem acidental, quando, na Ilha da Madeira, corria o ano de 1839, um exemplar desta espécie foi capturado num aparelho de anzol destinado à pesca de tubarões de profundidade, que à época eram procurados para a extração de óleo, usado na iluminação.

A sua importância socioeconómica é muito grande, representando mais de 50% das capturas piscatórias desembarcadas na Região.

A pesca é realizada principalmente com recurso a um instrumento designado por palangre horizontal.

Este tipo de arte de pesca à linha é constituído por uma linha principal, forte e comprida, de onde dependem outras linhas secundárias mais curtas e em grande número, a intervalos regulares, sendo que cada uma termina num anzol.

Existem também flutuadores (boias) e lastros (chumbos), que são responsáveis respetivamente, pela flutuabilidade e afundamento, consoante a necessidade da arte.

 

Este tipo de arte é considerado como uma das artes de pesca mais seletivas. A seletividade duma arte de pesca está diretamente relacionada com o seu impacto no meio ambiente. Quanto menos seletiva for a arte, maior será o impacto negativo provocado pela mesma.

peixe espada preto 2 Quanto às suas características nutricionais, este produto possui uma carne magra, mas com um bom perfil de ácidos gordos. As proteínas apresentam um elevado valor biológico. Por ser fonte de potássio, contribui para o normal funcionamento muscular e do sistema nervoso. É rico em Vitamina B12, sendo importante para os sistemas nervoso e imunitário. Devido ao facto de ser também uma importante fonte de fósforo, beneficia o metabolismo produtor de energia. Possui também um alto teor de Vitamina D, fundamental para uma boa absorção do Cálcio e do Fósforo, de modo a garantir a manutenção dos ossos e dos dentes.

Em termos gastronómicos, é um produto muito versátil, podendo ser cozinhado de inúmeras maneiras diferentes. De sabor intenso, mas delicado, é altamente apreciado não só pelos madeirenses, mas também pelos turistas que visitam a Ilha da Madeira.

Ricardo Jorge Freitas Melim
Médico Veterinário
Direção Regional de Agricultura

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar