1 1 1 1 1

Ensaio de adaptação da chia nas Preces, Câmara de Lobos

Chama-se chia à semente da planta da família das Labiadas, Salvia hispanica. Originária da América do sul, já seria cultivada pelos Astecas no período pré-colombiano, que a reconheciam como uma das sementes mais nutritivas e a cultivavam quase tão abundantemente como o milho e o feijão.

Terá sido redescoberta no final do século XX, e agora pode ser encontrada nas prateleiras de qualquer supermercado. As alegações nutricionais para o consumo desta semente centram-se no elevado valor de fibras, cálcio e ómega 3 e no baixo teor calórico. Pode ser classificada como um alimento funcional e não tem glúten.

É adicionada a alimentos crus ou cozidos, à massa do pão, a iogurtes, a bebidas, entre outros. Não tem gosto e conserva-se bem.

De setembro de 2012 a janeiro de 2013, no Centro de Horticultura nas Preces, em Câmara de Lobos, foi realizado um ensaio para determinar a possibilidade da cultura na RAM.

chia2 chia3 chia1
 

Foram retiradas algumas sementes de uma embalagem adquirida no comércio local e semeadas em viveiro em placas alveoladas, como se de outra hortícola se tratasse.

Houve uma boa germinação e em 19 dias as pequenas plantas foram para a parcela definitiva.

A cultura não requereu tratamentos fitossanitários e desenvolveu-se bem.

A colheita começou cerca de 4 meses após a sementeira, e foi realizada à medida que as espigas íam amadurecendo. A colheita total foi de 720 g de semente limpa numa área de plantação de 10 m2. A produtividade referida ao hectare seria de 720 Kg/ha.

Como conclusão, podemos afirmar que esta é uma cultura possível na nossa região, pelo menos nas condições do Centro de Horticultura, a uma altitude de cerca de 220 m e exposição este-sudeste.

O preço ao consumidor final desta semente é atualmente de cerca de 26 €/kg. Quando começou o ensaio, há 2 anos, estava a 38,8 €/kg, com a tendência a descer, com a entrada em produção de grandes áreas, nomeadamente na Austrália.

 

Direção Regional de Agricultura
Divisão de Hortofloricultura

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar