1 1 1 1 1 Pontuação 3.00 (2 Votos)

A cultura da figueira

figueira1.1
Figueira da variedade Castanhal

A figueira (Ficus carica) é uma pequena árvore de fruta da família das Moráceas, originária do sudoeste asiático, cultivada sobretudo nas regiões temperadas quentes e subtropicais.

Foi introduzida no arquipélago madeirense nos primeiros tempos do povoamento, sendo que ainda hoje muitas cultivares de figueira são cultivadas na Madeira e no Porto Santo.

Esta fruteira é também conhecida por bebereira, designação que se aplica a algumas figueiras de frutos compridos.

A figueira é uma árvore rústica que apresenta boas produções, principalmente em locais secos e quentes, entre os 200 e os 400m de altitude. Embora a figueira possa alcançar os 10m, acontece frequentemente que em alguns locais muito ventosos, como no Porto Santo, não atinja essa altura permanecendo mais ou menos arbustiva.

O figo é uma fruta bastante nutritiva e apreciada. Para além do seu consumo em fresco, prepara-se na Madeira, embora em pequena escala, uma certa diversidade de doçaria, desde os figos secos ou passados às compotas e bolos de figos.

A propagação da figueira é feita por via vegetativa, utilizando-se estacas provenientes de ramos bem desenvolvidos.

 

A plantação é estabelecida normalmente com um compasso de 5x5m. A maturação dos figos depende da cultivar e do local de cultivo, ocorrendo de fins de junho a outubro, mas mais abundantemente em agosto e setembro.

Há registos que mencionam a existência na Madeira de castas distintas com a mesma designação genérica ou nomes deturpados (Doce, Do-algarve, Branco), muitas castas continentais (Cótio-branco, Bêbera, Castanhal, Mulato, Moscatel, Bêbera-preto, Branco) e outras como Burro, Rei, Genovês e Martinho.

São várias as doenças e pragas que atacam a figueira causando estragos, como a ferrugem (Cerotelium fici), a mosca-da-fruta (Ceratitis capitata), a mosca-do-figo (Lonchaca aristela) e o aranhiço-vermelho (Eriophes fici), mas também alguns roedores, pássaros e lagartixas que por vezes inutilizam parte da produção.

No caso de ser aplicado algum pesticida, é importante respeitar as doses indicadas e os intervalos de segurança, para que se possa comer figos sãos e seguros.

Algumas curiosidades...

  • As sementes dão aos figos a sua textura e contêm uma boa dose de fibras alimentares. Os figos são ricos em minerais, nomeadamente fósforo e cálcio;
  • Os figos secos surgem durante os meses de Verão sendo, no entanto, possível encontrá-los durante todo o ano e são tão nutritivos quanto os figos frescos;
  • Cientistas em Tóquio obtiveram bons resultados no tratamento do cancro com uma substância altamente eficaz extraída do figo: em 1980, Mutsuyuki Kochi e seus colaboradores, publicam o trabalho mais importante da literatura médica sobre a atividade antitumoral em seres humanos.

 

Divisão de Fruticultura
Quebradas de Baixo - São Martinho
9000-254 Funchal
Tel: 291 761211
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Questões  

# Manuel 08-01-2016 10:33
Bom dia, gostaria de saber em que altura ideal para enxertia das figueiras. Tenho pesquisado na Internet e não encontro datas para a enxertia da figueira.
Responder | Responder com citação | Citar
# DRA 01-02-2016 14:48
Boa tarde.

A época indicada para a enxertia da figueira é entre janeiro e fevereiro.

Com os melhores cumprimentos,
a Direção Regional de Agricultura.
Responder | Responder com citação | Citar

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar