1 1 1 1 1 Pontuação 3.50 (2 Votos)

cravosemplenaprodO cravo (Dianthus caryophyllus) é uma das culturas com maior representação em todo o mundo, devido ao facto de produzir flores durante todo o ano, ter longa duração pós colheita e ser resistente ao embalamento e transporte.


Esta planta é originária da zona mediterrânica, sendo cultivada há mais de 2.000 anos e já os gregos usavam a flor para aromatizar os vinhos e nas coroas para os atletas.

Podem ser classificados segundo o tipo de flor: standard ou uniflor (cravo) e spray ou multiflor (cravina).
Na Madeira, o cravo pode ser cultivado em estufa, em locais com altitude superior a 250m (na costa sul) e entre os 0 e os 500m (na costa norte).
plantasdecraveiroÉ uma planta que gosta de solos franco-arenosos, arejados, drenados e com teores de matéria orgânica de 1,5-2%. O solo deve ter pelo menos 30cm de profundidade e um pH de 6-7,5 (neutro a ligeiramente alcalino).

É uma planta que precisa da luz do sol para um bom crescimento e produção, preferindo temperaturas diurnas de 20-24ºC e noturnas de 11-14ºC, e uma humidade relativa do ar de 60-70%.

cravosemplenaprod1Os craveiros são geralmente plantados desde finais de Março a finais de Julho, em canteiros de 4 linhas, com um compasso de 12,5cm x 12,5cm. As plantas são despontadas 3-4 semanas após a plantação, deixando 5-6 pares de folhas (ou nós), de forma a provocar o desenvolvimento de rebentos laterais (afilhamento). Deve ser feita uma tutoragem com 3 a 5 camadas de rede com quadrados de 15cm x 15cm, para que os cravos cresçam direitos.

Quando os botões começam a aparecer, é necessário fazer o desbotoamento, de modo a obter uma só flor por haste no caso dos cravos, ou para se obter uma floração homogénea na haste da cravina. Nos cravos retira-se manualmente todos os botões laterais que surjam e nas cravinas retira-se o central.

De uma forma geral, as flores são colhidas 3 a 5 meses após a plantação, conforme as temperaturas. Os cravos são colhidos quando as flores apresentam o centro fechado e as pétalas exteriores horizontais; nas cravinas, a haste deve ter os dois primeiros botões parcialmente abertos.

O corte da haste é feito deixando 2 a 3 pares de folhas, de onde se irão desenvolver novos rebentos florais que irão dar novas flores.

Maria João Dragovic

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar