1 1 1 1 1 Pontuação 5.00 (1 Votos)

O Tabaibo

É já neste fim-de-semana que a Fajã da Ovelha recebe a terceira edição da Festa do Figo e do Tabaibo.

tabaibo Na crónica deste mês vamos falar acerca do tabaibo, de nome científico Opuntia fícus-indica.

É um fruto oval, com casca espinhosa de coloração verde-amarelada a vermelha, com uma polpa doce e suculenta, proveniente de uma planta conhecida como tabaibeira ou figueira-da-Índia, que se encontra espontaneamente em lugares quentes e secos da nossa região.

Segundo os historiadores, o consumo deste fruto teve início há cerca de 9.000 anos e é originário do México, onde a sua produção pode ser equiparada à do milho ou até da tequila. Foi introduzida na Ilha da Madeira no séc. XIX, para a obtenção do pigmento carmim, através da produção de cochonilha.

O tabaibo frutifica na região entre julho e outubro, sendo comercializado durante este período. Para a colheita utilizam-se luvas ou um pau em forma de pinça.

 

Em termos nutricionais, este fruto destaca-se pelo seu teor de hidratos de carbono, principal fonte de energia utilizada pelo nosso organismo, tal como acontece com a maior parte dos frutos.

Em termos energéticos, possui aproximadamente 42 kcal por 100 g. No que toca à sua riqueza em vitaminas e minerais, podemos destacar o seu teor em vitamina C, cálcio, magnésio, e potássio. A vitamina C estimula o sistema imunitário e tem propriedades antioxidantes, sendo o seu teor neste fruto superior ao de outros frutos como laranjas, maçãs, peras, uvas e bananas. O cálcio promove a densidade óssea, o magnésio é importante para a redução do cansaço e da fadiga, e o potássio ajuda a controlar a pressão sanguínea e a retenção de líquidos, sendo um bom diurético. Destaca-se a presença de fibra alimentar, importante para a regulação do trânsito intestinal. É ainda importante salientar o seu teor elevado de aminoácidos livres, nomeadamente prolina, glutamina, taurina e serina. Salienta-se ainda a presença de fitoquímicos, nomeadamente rutina, a cianidina e ácido clorogénico, com propriedades antixidantes.

Seja com o nome de tabaibo, figo da Índia, figo da piteira ou figo do diabo, desfrute deste fruto na sua melhor época e visite a festa alusiva ao mesmo!

 

Cláudia Melim (ON1731N)
Nutricionista

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar