1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola:
a informação técnica semanal ao seu dispor!

apuramentos meteorologicos (LEGENDA)

CLIMATOLOGIA

Segundo as previsões para a próxima semana, teremos temperaturas médias amenas em quase toda a região, verificando-se a norte temperaturas médias um pouco mais baixas. A intensidade média do vento a fazer-se sentir duma forma mais suave relativamente à semana anterior, permitindo com alguma reserva, a aplicação de produtos fitofarmacêuticos, nomeadamente os tratamentos de inverno nas fruteiras temperadas. As regas, uma vez que a precipitação será recorrente, poderão ver a sua frequência reduzida, mas sempre de acordo com as necessidades hídricas da cultura. Ver no quadro, os indicadores da Precipitação (P) e Evapotranspiração potencial (ETP), que indiciam claramente não haver, na maioria das freguesias com peso agrícola, necessidade de regar com a frequência habitual. A previsão é de menos precipitação para os próximos dias, há que planear com muita atenção os tratamentos fitofarmacêuticos de inverno, esperando por melhorias do estado do tempo, para os realizar e que segundo as previsões, são a partir de amanhã.

Deveremos continuar com as observações às culturas por forma a detetar precocemente quaisquer sinais ou sintomas de pragas/doenças.

Actinídea (Kiwi)

Bacteriose da Actinídea - PSA (Pseudomonas syringae pv. actinidae)

CUIDADOS PARA PREVENIR A DISPERSÃO DA DOENÇA

Antes da colheita, é necessário cortar e retirar as plantas mortas e os ramos infetados em plantas ainda vivas. Os restos vegetais (ramos e folhas) são os principais meios de disseminação da doença dentro do próprio pomar e de uns pomares para outros. Os pomares atingidos pela doença devem ser tratados com uma calda à base de cobre a seguir à colheita e a meio da queda das folhas. O objetivo é desinfetar as feridas deixadas nas plantas pela colheita dos frutos e pela queda das primeiras folhas, pois é por estas pequenas lesões que a bactéria causadora da doença penetra nos tecidos da planta.

Continuar ou iniciar a poda das fruteiras. Todos os trabalhos indicados para o mês de janeiro podem ainda ser feitos neste mês, mas não devem ser adiados por muito mais tempo.

Prosseguir com a preparação do solo – lavouras, gradagens, adubações, estrumações-destinadas às culturas de primavera, sempre que o estado do tempo o permita.

Execução de caldeiras em volta das árvores e arbustos, onde se lança estrume, que não deverá ficar em contato com a planta (este estrume deve ser coberto na primavera).

 

previsoes meteorologicas (NOTA)

Aproveitar as condições do estado do tempo a partir de amanhã, que irão permitir efetuar as mondas nas culturas recentemente plantadas, nomeadamente nas cebolas.

MANUTENÇÃO DOS APARELHOS DE APLICAÇÃO DE PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS

Aproveite os períodos mais tranquilos em termos de tarefas, devido aos rigores do inverno, para fazer uma revisão e manutenção aprofundada dos aparelhos, tendo em atenção os seguintes aspetos:

Depósito ► Lavá-lo com água limpa para eliminar possíveis incrustações de produto nas suas paredes ou no fundo. Verificar que o depósito não tenha furos nem rachadelas, procedendo à sua reparação ou substituição, se necessário.

Filtro do depósito ► A sua função é de reter as impurezas presentes na água e as partículas de produto não completamente dissolvidas. Deve-se manter em boas condições, limpando-o cuidadosamente com jacto de água.

Tubagens ► Devem ser lavadas com jacto de água para eliminar possíveis incrustações no seu interior. Substituí-las em caso de deterioração.

Bicos ► Os bicos podem estar obstruídos, pelo que o débito de produto irá diminuindo. É aconselhável proceder á limpeza dos bicos, depois de desmontados, para restituir a sua capacidade de pulverização. Nesta limpeza, não utilizar objetos perfurantes que possam alterar o diâmetro do orifício de saída do líquido. Caso seja necessário, substituir os bicos.

Bomba ► Nas máquinas que disponham deste elemento deve comprovar-se periodicamente que o lubrificante contido no cárter está ao nível aconselhado. O óleo deve ser mudado periodicamente.

Manutenção do motor ► Deve limpar-se o filtro de ar a cada 50 horas de funcionamento. Controlar o estado das velas a cada 50 horas – devem-se desmontar, limpar e comprovar que a distância entre elétrodos é a correta. No caso de as velas estarem muito deterioradas, deve proceder-se à sua substituição.

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telefone: 291 214 310

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar