1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola
A informação técnica semanal ao seu dispor!

apuramentos meteorologicos (LEGENDA)

CLIMATOLOGIA

Registou-se, na semana anterior e em toda região, o aumento gradual da precipitação, confirmando-se assim as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na sua quase totalidade.

As previsões para a próxima semana indicam a continuação da ocorrência de precipitação diária de forma mais frequente, pelo que a rega poderá ser suspensa. O estado impede a mobilização do solo mas, em contrapartida, sobra tempo para outras atividades na exploração agrícola, nomeadamente as podas e enxertias.

TRATAMENTOS FITOSSANITÁRIOS

- Hortícolas:

Sempre que o estado do tempo permitir, dever-se-á manter os tratamentos preventivos contra os fungos que proliferam com as condições atuais do estado do tempo, em particular o míldio na batateira, respeitando sempre o número de tratamentos a efetuar relativos a cada cultura.

- Frutícolas:

Há que manter os pomares de citrinos protegidos contra o míldio, aplicando um produto fitofarmacêutico adequado, com repetições de 3 a 4 semanas (ver rótulo), como tem vindo a ser recomendado nas últimas semanas.

- Vinha:

Dever-se-á proceder ao controlo de infestantes anuais, consultando sempre a ficha técnica dos vários produtos fitofarmacêuticos existentes no mercado, de forma a escolher o mais adequado para a sua situação.

 

previsoes meteorologicas (NOTA)

OPERAÇÕES CULTURAIS

- Sementeira:

Pode efetuar a sementeira de algumas hortícolas como, por exemplo, alface, couve, beterraba, alhos e nabo, em seminários abrigados.

- Plantação:

Janeiro é o mês da preparação das culturas de Primavera/Verão, como a das batatas, dando início, caso seja possível, à plantação precoce nas zonas baixas.

A poda é recomendável nesta altura do ano, sempre que o estado do tempo permitir, evitando grandes cortes nas figueiras, laranjeiras (um mês depois da colheita) e nas prunóideas (sobretudo pessegueiro e ameixeira). Aconselha-se sempre uma desinfeção das árvores com produtos à base de cobre (desinfetante e cicatrizante) e de óleo mineral (ovicida – elimina os ovos de pragas por asfixia) a seguir à poda.

Aproxima-se também a altura de enxertia das fruteiras de caroço (cerejeira, pessegueiro, ameixeira e damasco), pelo que deverá programar junto dos serviços oficiais ou do enxertador particular, para que seja efetuada de meados de janeiro em diante.

Apesar de previsão de precipitação para os próximos dias, poder-se-á continuar com a plantação de couves, alfaces, favas, cebola, alho e morangueiro, assim como de algumas fruteiras, nomeadamente cerejeira, pessegueiro, macieira e pereira.

- Jardim:

Caso as roseiras e outros arbustos e árvores de jardim que não estejam em flor ainda não tenha sido podados, não deve adiar muito mais, devendo igualmente continuar com a instalação de viveiros de estacaria de roseiras e de outros arbustos e árvores de jardim.

Nunca é demais lembrar que, no final de cada dia de trabalho, deve depositar o eventual lixo formado nos locais destinados para o efeito. O lixo acumulado na exploração agrícola potencia, em caso de chuvas fortes, situações de graves prejuízos para a mesma.


Sr. Agricultor, já abriu o período para a submissão de candidaturas ao PRODERAM2020. Para mais informações, consulte o site do PRODERAM.

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento deverá contactar os seguintes serviços da Direção Regional de Agricultura:

- No âmbito da produção convencional (proteção integrada):

Direção de Serviços de Desenvolvimento Rural
Divisão de Apoio ao Agricultor
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telef.: 291 214 310

Direção de Serviços de Assistência Técnica e Mecanização Agrícola
Divisão de Assistência Técnica e Mecanização Agrícola
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telef.: 291 211 260

- No âmbito da produção biológica:

Direção de Serviços de Desenvolvimento de Agricultura e Pecuária Biológica
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telef.: 291 744 190

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar