1 1 1 1 1

folcetn1A palavra etnografia provém do grego éthnos, para designar povo ou nação e de graphein, que significa escrever.

A etnografia é um ramo ou método da Antropologia, usado na recolha de dados e visando o estudo e a descrição dos costumes e tradições de um grupo social, permitindo, em pormenor, o conhecimento da identidade, das práticas e dos mitos de determinada cultura.

A etnografia implica ainda a observação participante e um contato efetivo com a comunidade. Por vezes, esta observação exige uma participação nas atividades, para recolha de informações e de um conhecimento minucioso das tarefas e práticas de cada elemento, ou seja, da cultura em estudo.

O vocábulo folclore é a forma aportuguesada da palavra inglesa folklore, composta por dois elementos, de origem saxónica: folk-povo e lore-estudo. Esta palavra foi aplicada pela primeira vez em 1846 pelo arqueólogo inglês, William John Thom, em substituição da expressão antiguidades populares, usada até então.

O folclore é a ciência etnológica que estuda os usos, costumes e tradições imateriais, seculares e milenares de um povo ou grupo social, que deixou de ser primitivo e vive, hoje, em padrões evoluídos, mercê das conquistas técnicas universais.

folcetnAssim, o folclore estuda as manifestações populares presentes no trajo, festas e romarias, trabalhos, feiras e mercados, culinária, religião, danças e canções, instrumentos musicais, medicina popular e magia, lendas, contos e "estórias", poesia popular, adivinhas, jogos e brincadeiras.

Atualmente, aceita-se que o folclore vive da tradição mas também da reinterpretação e recriação das vivências e costumes dos antepassados. Caso contrário, era negar ao povo a capacidade de criar e reinterpretar factos do património cultural comum e até mesmo acontecimentos originários na cultura erudita, desde que haja aceitação coletiva dos mesmos.

A etnografia e o folclore têm em comum o método de recolha e investigação, baseado no trabalho de campo e de gabinete.

O trabalho de campo consiste na investigação e recolha de elementos de estudo, dados e informações, objetos e documentos etnológicos. Faz-se nas aldeias e aglomerados rurais. Tem como princípio o "saber ver, saber ouvir e saber reproduzir", com isenção e objetividade.

A recolha realiza-se através de conversas, que devem ser registadas, da fotografia e filme. Este é o modo privilegiado na recolha de danças, práticas sociais e de trabalho coletivo e do artesanato, pois permite a noção de movimento, as expressões musicais, orais e dialíticas.

O trabalho de gabinete surge na sequência e consequência do trabalho de campo e consiste na organização dos elementos e documentos, na elaboração de fichas e arquivos, fruto do material reunido durante a recolha e investigação.

Bibliografia:
BENJAMIN Roberto. – www.arteducacao.pro.br/Cultura/Folclore.htm
VIDAL José. - www.grupoescolar.com/pesquisa/o-que-e-a-etnografia.html

Teresinha Santos

Comentar

Código de segurança
Atualizar