1 1 1 1 1 Pontuação 5.00 (1 Votos)

Os Centros de Abastecimento Agrícola da Madeira
- A Rede CA

cas mapa1 Os Centros de Abastecimento Agrícola da Madeira (CA's) são plataformas logísticas especificamente vocacionadas para o apoio à comercialização das produções hortofrutícolas obtidas no território da Região Autónoma da Madeira. Estas unidades foram criadas pelo Governo Regional, ao longo do tempo, mas numa lógica de rede ou malha infraestruturante, para proporcionarem aos agricultores, através de um vasto conjunto de serviços assentes nas mais adequadas tecnologias hortofrutícolas, melhores e mais vantajosas condições de acesso das suas produções aos mercados de grande consumo, num quadro de livre circulação de mercadorias e de intensa concorrência, assegurando assim níveis de rendimento compatíveis à manutenção e desenvolvimento das suas atividades.

 

Os CA's foram projetados para abrangerem as áreas de produção agrícola significativa da Ilha da Madeira e, simultaneamente, mais afastadas do principal centro de consumo da mesma, o concelho do Funchal, correspondendo este, naturalmente, ao espaço territorial de maior concentração de população e de serviços, designadamente os de suporte à principal atividade económica da Região, o turismo. Estão, por isso, para apoio à preparação comercial das produções, isto é, das principais operações associadas à pré-venda ou pré-lançamento nos mercados, localizados nos concelhos da Ponta do Sol, Calheta, Porto Moniz e Santana, abrangendo simultaneamente franjas dos concelhos com que diretamente fazem fronteira e, já no que respeita à venda grossista, ou seja, a operadores profissionais retalhistas, no próprio concelho do Funchal.

Os serviços introduzidos nos CA's foram concebidos e adaptados às necessidades mais prementes dos agricultores de pequena dimensão, tanto para cumprirem o exercício das principais funções subjacentes à comercialização de produções vegetais - recolha, concentração, seleção, conservação frigorífica, embalagem e distribuição da oferta – e, paralelamente, para propiciarem uma posição competitiva mais favorável àquela na abordagem aos mercados – por um lado, mais quantidade, diversidade, regularidade, por outro lado, mais garantia de qualidade e segurança alimentar, como ainda, de divulgação e promoção.

Os CA's não vendem as produções dos agricultores, antes sim ajudam a vendê-las nas melhores condições possíveis do contexto dos mercados em cada momento.

 

Direção Regional de Agricultura

 

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar