1 1 1 1 1

A cultura do tabaibo em MPB com potencial na Região

mario goncalves

Mário Gonçalves, Presidente da Direção da APROFIP (Associação de Profissionais de Figo da Índia Portugueses) foi orador convidado pela Secretaria Regional de Agricultura e Pescas para falar sobre a produção de tabaibo em modo biológico.

 

Para uma plateia constituída por técnicos e agricultores, este dirigente falou de um produto muito em voga no território continental e que, segundo este profissional, pode ter muito potencial na Madeira.

Nas suas palavras, a Madeira tem muita potencialidade para a produção do tabaibo em modo biológico, apesar da necessidade de proceder a investigação suplementar e perceber quais as zonas mais adequadas ao cultivo. Depois, também será necessário criar infraestruturas para a comercialização, de modo a dar resposta à produção. Uma vez que já há conhecimento sobre a produção ao nível do maracujá, banana e outros produtos, considera que seria interessante usar esse know how e estabelecer parcerias com os produtores que já exportam, nunca esquecendo que o mercado procura cada vez mais diversidade, mas para que o tabaibo possa ser rentável, é necessário conhecer a sua dinâmica e adequar o conhecimento já existente à realidade regional.


Referiu ainda que, no modo de produção biológico, a prevenção é a principal ferramenta para uma atividade agrícola com menos preocupações.

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar