1 1 1 1 1 Pontuação 5.00 (1 Votos)

A Aethinose - Alerta aos Apicultores

alerta aos apicultores aethina tumida adulto
Figura 1 - adulto de Aethina tumida 
alerta aos apicultores aethina tumida jovem 
Figura 2 - jovem de Aethina tumida 

A aethinose por Aethina tumida, pequeno escaravelho das colmeias, pertencente à ordem Coleoptera e família Nitidulidae, que afeta as abelhas, é de declaração obrigatória ao abrigo do Decreto-lei n.º 203/2005 de 25 de novembro.

Pelo que se sabe da Aethina tumida, é endémica da África saariana e especula-se que a sua disseminação foi devido à importação de rainhas. Tem se espalhado pelo mundo, tendo sido identificado nos Estados Unidos da América em 1996, na Austrália e Canadá em 2002, em Itália em 2015, existindo um forte risco de introdução da mesma no resto da Europa e em Portugal, sendo consequentemente considerada uma praga emergente.

Os adultos medem 5 - 7 mm de comprimento e 2,5 – 3,5 mm de largura. De cor clara quando emergem da pupa, vão escurecendo gradualmente até obterem uma cor castanho escuro ou negro, possuem 3 pares de patas e 2 antenas, a cabeça, o tórax e o abdómen estão bem separados, as asas são pequenas, os adultos vivem até 6 meses.A larva

alerta aos apicultores aethina tumida larva

Figura 3 - larva de Aethina tumida 
a) Três pares de patas dianteiras; b) Várias fileiras de espículas dorsais; c) Dois longas espículas no final do dorso (retaguarda)

A larva é o estádio mais prejudicial para a colmeia. Cresce até 1 cm, é de cor bege ou branco amarelada, possui 3 pares de patas dianteiras muito finas, logo a seguir à cabeça, várias fileiras de espículas dorsais e 2 longas espículas no final do dorso (retaguarda).

alerta aos apicultores aethina tumida ciclo biologico
Figura 4 - ciclo biológico
 

As fêmeas depositam massas irregulares de ovos, que eclodem em 2-3 dias (ponto 1. da figura 4), desenvolvendo-se em larvas de cor branca que vão crescer até 10-11 mm de comprimento.

As larvas são omnívoras e alimentam-se da criação, pólen e mel (ponto 2. da figura 4). Requerem cerca de 10 a 16 dias para amadurecer, quando as larvas estão prontas para se transformarem em pupa, deixando a colmeia e enterrando-se no solo perto da colmeia (ponto 3. da figura 4).

O período de pupa dura cerca de 3 a 4 semanas.

Os adultos recém-emergidos procuram fêmeas para acasalar, dando assim início a um novo ciclo (ponto 4. da figura 4).

Podem voar até 10 km para infectar novas colmeias e podem sobreviver até 14 dias sem comida e sem água e têm fobia à luz.

O que fazer em caso de deteção?

alerta aos apicultores aethina tumida danos causados na colmeia2
alerta aos apicultores aethina tumida danos causados na colmeia1
Figuras 5 e 6 - Danos causados dentro da colmeia

 

Em caso de aparecimento do Aethina tumida, contacte o mais rapidamente possível as seguintes entidades:

Direção Regional da Agricultura – 291 204 200
Divisão de Experimentação e Melhoria Agrícola (DEMA) – 291 761 211/23

 

Lembre-se: não importe abelhas sem o respectivo boletim sanitário.

 

Rute Fabíola
Direção Regional de Agricultura

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar