1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola
A informação técnica semanal ao seu dispor!

apuramentos meteorologicos 18 a 24 agosto (LEGENDA)

De acordo com os apuramentos meteorológicos do período compreendido entre18 e 24 de agosto (ver quadro), os valores de precipitação continuam extremamente baixos, praticamente nulos, com exceção feita a Santana/São Jorge e Calheta /Ponta do Pargo, e as temperaturas relativamente altas. De uma maneira geral, são poucas as alterações a registar desde a semana passada. Assim, as regas têm de ser devidamente programadas e com maior frequência. Quer as regas quer a eventual aplicação de produtos fitofarmacêuticos deverão sempre ser efetuadas nas horas de menor calor.

Nas previsões climáticas para a próxima semana (até 03 de setembro), esperam-se poucas alterações, ou seja, alguma nebulosidade em toda a Região, alternando com céu limpo, temperaturas elevadas e precipitação pouco significativa, que, a acontecer, será apenas a norte, no concelho de Santana.

Pomoideas e prunoideas

foto1 aranhico vermelho  
Foto 1 – Aranhiço vermelho 
foto2 cochonilha algodao
Foto 2 – Cochonilha algodão

Face às temperaturas registadas, recomenda-se uma vigilância aos pomares, para prospeção do aranhiço vermelho (foto 1). Proceda da seguinte forma:

- observe 100 folhas do terço médio do ramo (2 folhas x 50 plantas) e, se registar 50 a 75% de folhas ocupadas com formas móveis deste ácaro, deve realizar um tratamento com um acaricida homologado.

Anoneiras

Os produtores de anonas devem monitorizar nesta altura do ano o seu pomar, na tentativa de detetar a presença da cochonilha algodão (foto 2) e, caso se verifique a sua presença, deverá aplicar o IMIDAN 50 WP (fosmete) numa concentração de 60g/hl.

Abacateiro

É conveniente nesta altura do ano estar também atento à atividade do percevejo do abacateiro – Pseudacysta perseae (foto 3), para, aos primeiros sinais da sua presença, se atuar de imediato com uma aplicação de Confidor O-TeQ (imidaclopride) numa concentração de 50ml/hl.

 

 

previsos meteorologicas 25agosto a 3setembro (NOTA)

Abacateiro

foto3 percevejo do abacateiro  
Foto 3 – Percevejo do abacateiro 
foto4 aranhico cristalino do abacateiro  
Foto 4 - Aranhiço cristalino do abacateiro

Neste momento, as condições climáticas e fenológicas do abacateiro são favoráveis ao ataque do aranhiço branco ou cristalino do abacateiro - Oligonychus perseae nas folhas (foto 4).

O ataque provoca a queda prematura das folhas, comprometendo a futura produção e expondo tanto os frutos como os ramos a queimaduras pelo sol.

Assim, recomenda-se pulverizar os mesmos, molhando toda a copa, preferencialmente as páginas inferiores das folhas, devendo utilizar-se para tal o Vertimec EC (s.a.: abamectina), numa concentração de 150ml/hl, no máximo de duas aplicações: o 1.º tratamento ao aparecimento dos primeiros sintomas e o 2.º três semanas depois, com um intervalo de segurança (período que deverá decorrer obrigatoriamente entre a aplicação e a colheita) de 14 dias.

Observação: dever-se-á regar as plantas um dia antes da aplicação do produto.

Miguel Teixeira
Divisão de Assistência Técnica à Agricultura/DSDA
Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento, deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura /DSDA
Divisão de Assistência Técnica à Agricultura /DATA
Correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telef.: 291 211 260

Comentar

Código de segurança
Atualizar