1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola
A informação técnica semanal ao seu dispor!

apuramentos meteorologicos 30julho a 05agosto (LEGENDA)

CLIMATOLOGIA

Da análise dos apuramentos meteorológicos de 30 de julho a 5 de agosto (ver quadro), constata-se que não houve grandes alterações nas condições do estado do tempo, ou seja, mantiveram-se as temperaturas amenas, alguma nebulosidade e precipitação quase nula, condições ótimas para a realização de todas as tarefas inerentes às boas práticas agrícolas.

Estas condições do estado do tempo obrigam, por outro lado, a uma atenção redobrada à frequência das regas, mas sempre de acordo com as necessidades hídricas das culturas.

É imperioso um uso racional de água, envidando todos os esforços na poupança de água.

A previsão do estado do tempo para os próximos dias (até 08 de agosto) indica poucas alterações relativamente à semana anterior, ou seja, alguma nebulosidade em toda a Região, dias de céu limpo apenas para 14 e 15 de agosto na costa sul e com possibilidade de aguaceiros (raros) apenas nas costas viradas a norte, com tendência a desaparecer.

PODRIDÃO NEGRA (BLACK-ROT) (Guignardia bidwellii (Ellis) Viala & Ravaz )
podridao negra 1 A podridão negra (black-rot) é uma doença da vinha originária da América do Norte. Na Europa, foi detetada pela primeira vez em 1885, em França. No Entre-Douro e Minho, é observada desde 2000, ano em que foi identificada em amostras provenientes de Ponte de Lima, generalizando-se a sua presença por toda essa região, em alguns casos com ligeira perda de produção.

O fungo afeta apenas os órgãos verdes da videira, mas as necroses provocadas persistem nas varas atempadas, nas folhas adultas e nos cachos.

ESTRAGOS E PREJUÍZOS

As folhas são os primeiros órgãos atingidos pelo black-rot, logo no início do desenvolvimento da vinha, cerca de três semanas a um mês antes dos outros órgãos verdes. No entanto, estes ataques não provocam a queda das folhas, a não ser excecionalmente e não causam prejuízos diretos. O black-rot é fundamentalmente uma doença dos cachos e pode, em casos graves, levar à perda de toda a colheita.

SINTOMAS

podridao negra 2  
Sintomas nas folhas – black-rot 

Folhas – pequenas manchas, com 2 a 3 mm de diâmetro, caraterísticas e inconfundíveis, vagamente circulares ou poligonais, acastanhadas, com rebordo escuro e repletas de pontos negros minúsculos no seu interior (as frutificações do fungo). Pode aparecer apenas uma ou várias manchas agrupadas em cada folha. Algumas, maiores, podem atingir 40X20 mm. As manchas necrosam e parte do tecido da folha afetada acaba por se desprender e cair.

Pecíolos das folhas – podem apresentar necroses alongadas e negras, capazes de provocar o dessecamento da folha.

Pâmpanos e varas – são mais raramente atingidos. Podem apresentar manchas semelhantes às das folhas, mas alongadas, por vezes deprimidas ou fendilhadas. Não têm influência sobre a vegetação, mas, ficando na vinha, servem de inóculo (foco de contaminação) na primavera seguinte.

 

previsoes meteorologicas 06 a 15agosto (NOTA)

podridao negra 3
Infeção nos pâmpanos de black-rot

Pedúnculos dos cachos e gavinhas – por vezes, apresentam manchas parecidas com as dos pâmpanos, mas mais pequenas.

Inflorescências – pouco afetadas.

Cachos – são atacados a seguir à floração-alimpa, no início do desenvolvimento dos bagos, até ao pintor. São contaminados frequentemente a partir de manchas de black-rot nas folhas das proximidades. O primeiro sintoma nos bagos é uma pequena mancha circular, descorada, com poucos milímetros de diâmetro, que de seguida se alarga e torna avermelhada, mais escura no centro e clara nos bordos.

podridao negra 4
Primeiros sintomas no cacho (bagos) – Black-rot 

A infeção progride rapidamente em extensão e profundidade. Ao fim de um a dois dias, todo o bago fica alterado, parecendo escaldado. De seguida, começa a enrugar-se, secando completamente, com tempo seco ao fim de alguns dias, e tomando uma cor negra carregada com reflexos azulados. A película dos bagos secos cobre-se de pequenas pústulas negras, tomando um aspeto caraterístico “encortiçado”. Estes bagos destruídos ficam presos ao cangaço durante algum tempo e acabam por cair.

podridao negra 5.1 podridao negra 5.2
Bagos infetados por black-rot 



O black-rot não ataca, normalmente, todos os cachos da mesma cepa, nem todos os bagos do mesmo cacho. Aparece isolado sobre um ou mais bagos e invade de seguida os outros, de modo bastante irregular.

MEDIDAS PREVENTIVAS E LUTA QUÍMICA

Destruição das fontes de inóculo – durante a poda, recolher e queimar varas, cachos secos, bagos afetados caídos no solo e gavinhas enroladas nos arames.

Tratamento cuidadoso dos focos primários da doença – procurar, às primeiras manchas nas folhas, recolher as folhas com manchas, se possível, e tratar a zona afetada cuidadosamente. Os tratamentos anti-míldio também podem combater o black-rot, se forem usados fungicidas de ação simultânea contra as duas doenças.

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento, deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura /DSDA
Divisão de Assistência Técnica à Agricultura /DATA
Correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telef.: 291 211 260

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar