1 1 1 1 1

Aspetos culturais da batata

batata1Dando continuidade ao tema, os principais aspetos a serem acautelados nesta cultura referem-se sobretudo à:

- Escolha da batata semente

A escolha deve sempre incidir sobre batata certificada, pois é a única que garante a inocuidade sobre certos problemas fitossanitários indesejáveis nos campos de cultivos, como são o caso da "mela" da rizoctónia (Rhizoctonia solani), da sarna pulverulenta (Spongospora subterranea), do escaravelho da batata (Leptinotarsa decemlineata) e da Globodera rostochensis, entre outros.

Para além deste aspeto, há que dar prioridade à semente de menor calibre (35-55mm), dado a escolha de semente de maior calibre implicar sempre um menor número de "olhos" por unidade de peso, o que se reflete na densidade e uniformidade de rama no campo. De igual modo, com o uso de tubérculos de menor tamanho não é necessário dividir a semente, havendo assim uma muito menor incidência de problemas fitossanitários.

- Grande incidência de mão-de-obra nos custos culturais

Este é, hoje em dia, um dos maiores problemas por que passa a cultura, com graves implicações na sua rentabilidade.

Por cada 1.000 m2 de terreno plantado são necessárias cerca de 266 horas de trabalho humano (≈32 jornas), o que implica um enorme peso desta componente na conta de cultura.

- Proteção fitossanitária

O maior problema com que se debatem os produtores de batata relaciona-se com a incidência do míldio, havendo, muitas vezes, algum desconhecimento dos produtos a utilizar para o seu combate. Aconselha-se a alternância de matérias ativas no seu controlo, bem como a utilização judiciosa dos pesticidas sistémicos utilizados.

- Colheita e armazenamento

A operação de colheita tem de ser efetuada quando os tubérculos se encontrem em bom estado de maturação e quando atinjam o teor de humidade menor possível, para que a conservação seja efetiva.

 

batata2Na altura da colheita, há que ter o cuidado de separar os tubérculos atacados de doenças e os feridos. A sua colocação juntamente com os sãos vai possibilitar o alastramento de podridões, pondo em causa a qualidade do produto armazenado.
O armazenamento tem uma importância vital para os agricultores, pois permite-lhes guardar a produção até uma altura em que a sua cotação lhes seja mais favorável, para além de poder usufruir deste produto para a alimentação da sua família por um período mais lato.

No entanto, entre nós tem sido feito de forma bastante deficiente, sendo normal a colocação da batata em pequenos armazéns, abrigados da luz solar, frescos, mas sem se acautelar o possível "grelamento" dos "olhos" dos tubérculos, sinal de que estão a ocorrer todos os processos metabólicos, nomeadamente a respiração, com os quais se pode gerar um aquecimento de toda a massa armazenada, que se propaga a todos os tubérculos guardados, que iniciarão, por sua vez, estes processos, levando a perdas superiores a 30-40% no peso e a uma depreciação comercial quase total.

O aparecimento dos Centros de Abastecimento Agrícolas do Governo Regional veio atenuar esta situação. Nestes locais, as condições de armazenamento são as ideais: é feita em câmaras frigoríficas, com ambiente controlado, com uma temperatura que ronda os 8ºC, humidade relativa de 85-95% e boa circulação de ar.

Estas condições são as ideais para a paragem dos processos respiratórios e para a não proliferação de doenças e pragas (dado não terem condições de desenvolvimento).

 

Ricardo Costa
Joaquim Leça
Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar