1 1 1 1 1 Pontuação 5.00 (1 Votos)

Batata-doce da Madeira – uma aposta segura

batata doce DICAs 1

 

A Associação de Jovens Agricultores da Madeira e Porto Santo (AJAMPS), através da Madeira Agrícola, já exportou este ano cerca de 4 toneladas de batata-doce da Madeira para França.

A batata-doce da Madeira é uma cultura hortícola muito importante, do ponto de vista histórico, bem como económico e social.

A batata-doce da Madeira é uma cultura rústica, de fácil manutenção, com baixos custos de produção e que apresenta boa resistência contra a seca e pragas e doenças e ampla adaptação às condições agroecológicas.

Na Madeira, são utilizadas cultivares de ciclo vegetativo curto (6 a 7 meses) ou longo (mais de 10 meses), o que permite a obtenção de duas produções/ano, com colheitas entre julho e setembro ou a partir de dezembro.

O mercado local, através das grandes superfícies e do pequeno retalho, absorve cerca de 2 a 3 toneladas por mês de batata-doce da Madeira.

Comentar

Código de segurança
Atualizar