1 1 1 1 1 Pontuação 4.00 (2 Votos)

alhofrO alho porro, mais conhecido por alho francês, é uma planta bienal cultivada como anual, que pertence à família das Liliáceas, cujo nome botânico é alho-poró - Ailium porrum, L.

As folhas são largas, compridas e lisas, com cerca de 40-50cm, sobrepostas umas às outras a forrar um falso caule cilíndrico chamado talo.

As condições edafoclimáticas ideais são climas temperados e húmidos com temperaturas médias entre os 13ºC e os 25ºC, embora resista bem ao frio. Os solos devem ser de textura média, profundos, férteis e bem drenados, com boa capacidade de retenção de água. O pH ótimo situa-se entre 6,0 a 6,8.

alhofrcomamontoa
com amontoa
alhofrsemamontoa
sem amontoa

A sementeira é feita em canteiros entre março e abril mas, em climas temperados, pode ser feita ao longo de todo o ano.

O tempo de viveiro (da sementeira até à plantação) é de 50 a 60 dias. Dado que as sementes de alho francês têm pouca capacidade germinativa deve semear-se sempre 10 a 20% a mais do pretendido.

Na plantação as plantas ficam em camalhões com espaçamento entre linhas de 15 a 25cm e entre plantas de 60 a 75 cm. Quanto maior o diâmetro pretendido do bolbo menor deve ser o espaçamento. A distância entre regos ou linhas deverá ser de modo a facilitar a prática da amontoa. A operação cultural mais importante é a amontoa, devendo ser realizadas duas amontoas ao longo do ciclo cultural da planta. A primeira após a formação de 5 a 6 folhas e a última 30 dias antes da colheita, tornando assim o caule mais branco.

A rega mais utilizada é aspersão. Os índices de água no solo devem ser mantidos, sem oscilações bruscas.

A adubação mineral mais comum é N:10kg/1000m2; P2O:6kg/1000m2 e K2O: 12kg/1000m2.
O N deverá ser aplicado de forma fraccionada: 1/2 a 1/3 do N na adubação de fundo e o restante em cobertura, após a plantação e antes da maturação. Parte do potássio poderá ser aplicado em cobertura a meio crescimento.

O alho francês é uma planta muito resistente e não costuma apresentar grandes problemas com pragas e doenças. As mais comuns são o míldio, a alternariose, a ferrugem e as tripes.

Os acidentes fisiológicos mais comuns são o crescimento excessivo das folhas provocado pelo excesso de azoto e plantas pequenas e deformadas provocadas pelo compasso deficiente de plantação.

A colheita deve ser efetuada na época própria de cada variedade, devido à influência que pode exercer na qualidade e poder de conservação.

As plantas devem estar inteiras, sãs, com aspeto fresco, sem humidade exterior e sem cheiros estranhos. Consoante as variedades, a colheita é feita 5 a 6 meses após a plantação ou 7 a 8 meses após a sementeira.

Uma das exigências do mercado é a existência de um caule branco com 20cm e o calibre deve de ser próximo de 3,5cm.

A conservação ocorre em câmara frigorífica entre 0-1ºC com 90-95% de humidade, com durabilidade de 1 a 3 meses.

Ana Ghira

Comentários  

# Fatima Araujo 10-04-2015 17:19
Boa tarde,
Relativamente ao alho francês, poderão indicar.me o seguinte:
1-quais as produções máximas por há?
2-Quais são os custos de produção que uma plantação de alho tem por há?

Muito obrigada
Responder | Responder com citação | Citar
# DRADR 27-04-2015 14:24
Boa tarde.

A produção máxima por hectare depende do local e da época de produção mas, em média, situa-se entre os 30 000 e os 40 000kg.

De igual modo, os custos de produção estão condicionados a diversos fatores. No entanto, é um produto com escoamento garantido, desde que de qualidade, pelo que é importante a prática de técnicas culturais adequadas.

Caso esteja interessada, poderá contactar a Divisão de Assistência Técnica, através do telefone 291 211 260 ou do telemóvel 963 820 356.

Com os melhores cumprimentos,
a Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural.
Responder | Responder com citação | Citar
# Danny carvalheiro 21-05-2015 19:28
Boa tarde .
Queria saber se é possível cultivar o alho francês durante o outono com a plantação em setembro ?

Muito obrigado
Responder | Responder com citação | Citar
# DRADR 25-05-2015 11:46
Bom dia.

A cultura do alho francês é possível a partir de setembro, com perspetivas de boa produção. Aliás, é uma cultura que se desenvolve melhor a partir desta altura do ano, pois precisa de algum frio.

Recomenda-se, a propósito, a prática de uma operação cultural pouco frequente mas que é fundamental para a qualidade da produção, mais exatamente a operação da amontoa, à semelhança do que é feito na cultura da batata, e que se traduz por chegar a terra junto ao caule. Com esta técnica, o produto colhido irá apresentar mais qualidade.

Com os melhores cumprimentos,
a Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural.
Responder | Responder com citação | Citar
# Anabela jose 30-06-2015 07:37
Bom dia

Qual é a a importância, vantagem, e objectivo da técnica de amontoa na cultura de alho?
Responder | Responder com citação | Citar
# DRADR 21-07-2015 16:16
Boa tarde.

Embora as folhas sejam comestíveis, a parte mais valorizada do alho-francês é o caule e a amontoa permite o seu branqueamento, aumentando igualmente o respetivo volume.

Com os melhores cumprimentos,
a Direção Regional de Agricultura.
Responder | Responder com citação | Citar

Comentar

Código de segurança
Atualizar