1 1 1 1 1

BatataA semente a utilizar é um aspecto de fundamental importância na cultura da batata, uma vez que a utilização de má semente irá comprometer de forma definitiva o sucesso da cultura.

Deve ser assim dada preferência à batata-semente certificada, que garante total inocuidade relativamente a toda uma série de pragas e doenças altamente destrutivas (escaravelho, sarna, murchidão negra, rizoctonia, para além dos variados vírus) e de combate difícil.batsarna1

batunifcalibre2Aconselha-se o agricultor a utilizar tubérculos-semente de calibre menor (de 28-35 mm) por várias ordens de razões, das quais destacamos ser um tipo de material que possui um maior número de "olhos"/unidade de peso, o que implica, em termos de futura plantação, obter uma maior densidade de "rama" com poupança de material de propagação e ainda não haver necessidade de efectuar o corte da semente, com a vantagem de prevenir mais eficazmente qualquer ataque de praga e/ou doenças precoce, uma vez que a casca funciona como uma barreira à entrada dos parasitas, para além da poupança em mão de obra, sempre importante entre nós. De qualquer forma, no caso de haver necessidade de corte (semente de calibre exagerado, por exemplo), é conveniente esperar que a zona de corte suberifique, de forma a defender a semente na altura da plantação.

A batata semente já deve estar pré-germinada (com os "grelos" desenvolvidos até cerce de 2-3 cm), devendo-se colocar previamente este material em caixas germinadoras, cobertas com serapilheira humedecida.

batsemente3 batcaixas4

Os tubérculos devem ser colocados em sulcos abertos a uma distância de 0,5 m, devendo ficar separados cerca de 0,3 m. A distância na entrelinha pode ser aumentada quando o produtor possua tractor, podendo atingir os 0,7m.

Com base nestes valores, a densidade de plantação na Madeira rondará os 66.500 a 67.000 tubérculos/ha. A este valor corresponde um peso de batata semente de 1 600-1 700 kg.

batplantac5Cerca de uma semana depois desta operação, começam a emergir os primeiros rebentos de batata e, cerca de 1 a 2 semanas após este evento deve-se realizar a amontoa da cultura, de forma a proteger posteriormente os tubérculos produzidos da ação direta do sol, que tem como consequência o aparecimento de zonas esverdeadas na batata, onde se acumula a solanina (alcalóide que, para além de dar um gosto amargo à batata, pode ser venenoso).

 Ricardo Costa

Bibliografia consultada:

"El cultivo de la papa"

Biblioteca Técnica Servicios y Almácigos SA
La Serena CHILE

"El cultivo de la patata"

Fernando Alonso
Ediciones Mundi-Prensa
Madrid, 1996

"O cultivo da batata na Madeira"

Ricardo Costa
Divisão de Horticultura, Direcção de Serviços de produção Agrícola
Direcção Regional de Agricultura da Madeira

"Manual de producción: Producción de papa"

Marcko Theodoracopoulos,/ Salvador Árias/ Hugo Avila
RED- Programa de Diversificación Economica Rural (USAID-RED)
Feverero 2008

"Manual de papa para La Araucanía:manejo de cultivo, enfermidades y almacenaje"

Patricio Mendez L. / Juan Inostroza F.
Instituto de Investigaciones Agropecuarias, Ministerio de Agricultura
Centro Regional de Carillanca
Temuco, CHILE
Noviembre, 2009

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar