1 1 1 1 1

sabia que- O Eng.º Vieira Natividade, no seu apaixonado "Madeira-Epopeia Rural", de 1953, descreve a anona como um "prodígio da flora tropical, decerto o único manjar dos deuses que aos míseros humanos foi dado conhecer".

- Mark Twain (1835-1910), o escritor norte-americano que se celebrizou, entre outros romances, pelas "Aventuras de Tom Sawyer", referiu-se à anona como "deliciousness itself".

- O geógrafo e famoso explorador da América do Sul, o checo Tadeu Haenke (1761-1816), quando descreveu a anona, considerou-a "uma obra-prima da natureza".

- Em 2007, na Charneca (um terraço do Tejo), foram descobertos troncos fossilizados com mais de 5 milhões de anos, pertencentes a árvores de grande porte, cuja representante mais próxima atual é a anoneira, que atualmente encontra-se para latitudes mais tropicais. Estes fósseis são um exemplo de que as alterações climáticas foram uma constante ao longo da história da Terra, indicando-nos que o clima existente nesta região seria temperado quente com estações contrastadas, sendo mais quente e húmido do que o presente.
Porém, em 2009, um destes geomonumentos do Geoparque Naturtejo, único no país classificado pela UNESCO, foi roubado da Herdade da Coutada, propriedade privada, no concelho de Vila Velha de Rodão.

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar