1 1 1 1 1 Pontuação 5.00 (1 Votos)

A colheita da anona

A colheita da anona é uma das operações mais difíceis de realizar para a grande maioria dos novos produtores de anonáceas, assim passamos a descrever algumas características orientativas para determinar o momento fisiologicamente comercial.

Quando colher

- Quando a casca (epiderme) exibe uma cor mais clara (verde claro, verde amarelado, verde acastanhado e verde acinzentado, consoante a variedade);

- Quando as “escamas” se apresentam mais alargadas e menos fundas (côncavas);

- Quando ao abanar o fruto se sente o som das sementes soltas, característica das variedades selecionadas;

- Quando a base relativamente ao pedúnculo se mostra mais saliente ou mais funda (consoante a variedade, ver fotos);

colheita pedunculo 1 colheita pedunculo 2

Como colher / Acondicionar

- Utilizar, sempre que possível, uma tesoura de poda para cortar o pedúnculo que suporta a anona ao ramo;

- Colocar cuidadosamente os frutos colhidos nas caixas de colheita, preferencialmente lisas, com capacidade máxima de 20 kg, de modo a que os impactos sejam reduzidos ao mínimo;

- Evitar encher em demasia as caixas de colheita para que durante o empilhamento no transporte não se estraguem as anonas localizadas na parte superior;

- Evitar a colocação das anonas colhidas à exposição direta do sol.

O transporte das anonas deverá ser efetuado com o máximo cuidado para não deteriorar a sua qualidade até o seu destino.

Consumo

Compra

Pode ser adquirida tanto madura como em verde. Quando madura é para consumo imediato. Deve preferencialmente ser adquirida quando está verde permitindo ao consumidor melhor apreciar as suas características organoléticas bem como programar o seu consumo.

Para acelerar o amadurecimento pode envolver-se a anona em papel, dentro de um saco de plástico, juntamente com maçã e/ou banana madura à temperatura ambiente, devendo verificar-se 4 dias depois. Normalmente a anona tem um período de vida útil, desde a apanha até à maturação, de aproximadamente 8-12 dias, dependendo da temperatura ambiente.

Como Conservar

Se a anona já estiver madura (cede à pressão dos dedos), o seu período de vida pode ser prolongado por mais de 10 a 15 dias, colocando-a de imediato no frigorífico, aproximadamente a 8 a 10 °C. No caso da anona verde podemos conservá-la por mais 10 dias a uma temperatura de 12 a 14 °C.

Não é recomendado colocar anonas verdes no frigorífico a temperaturas inferiores a 12 °C por longos períodos.

 

A anona também pode ser conservada em polpa, de forma natural, para consumo no período de ausência de produção. Para tal, num saco de plástico apropriado para congelar alimentos, coloca-se a polpa sem as sementes, sumo de limão e de laranja em partes iguais devendo esta ficar totalmente envolvida. A polpa deve ser dividida em doses adequadas tendo o cuidado de manter o saco hermeticamente fechado. Esta pode conservar-se em congelador entre 4 a 6 meses, permitindo consumi-la ao longo do tempo em sumos, batidos, pudins, gelados, bolos, licores e outras iguarias.

Como Consumir

Deve ser consumida em fresco, quando apresenta uma consistência mole ao tato, tirando-se assim o melhor partido das suas qualidades organoléticas únicas, que fazem deste exótico e precioso fruto um verdadeiro “manjar dos Deuses”. Em fresco a mesma pode ser apresentada cortada transversalmente de modo a fazer duas doses e consumida à colher. Frutos de maior dimensão devem ser cortados longitudinalmente. A fruta deve ser consumida preferencialmente a uma temperatura entre os 10-12 °C, deste modo expressa melhor as características organoléticas deste precioso fruto.

No entanto, também pode ser transformada para uso culinário na restauração e na hotelaria.

Valor Nutricional

A anona em termos nutricionais é bastante completa, sendo rica em vitamina C, vitaminas do grupo B, em minerais: fosforo, ferro, magnésio, potássio e cálcio e em hidratos de carbono, especialmente a frutose, e uma excelente dose de fibra dietética onde sobressaem as fibras insolúveis em detrimento das solúveis.
Através do seu consumo, ingere-se uma abundante concentração de vitaminas, minerais, fibras e fitoquímicos, conjunto identificado com a capacidade antineoplásica.

Valor Medicinal

A anona, além de ser um fruto delicioso apresenta inúmeros benefícios para a saúde, entre os quais se destacam:

- Efeitos anticancerígenos, ajudando a combater células malignas em diversos tipos de cancro, incluindo o do colon, da mama, da próstata, do pulmão e do pâncreas. Os compostos da fruta demonstraram atuar 10.000 vezes melhor, retardando o crescimento das células malignas, relativamente ao produto Adriamycin, uma das drogas mais utilizadas na quimioterapia.

- Propriedades antibacterianas;

- Ajuda na regulação da tensão arterial;

- Ação antidepressiva e de combate aos distúrbios nervosos;

- Potencial diurético do organismo;

- Combate o envelhecimento da pele.

Dois estudos recentes revelam a presença de 2 classes de fitoquímicos na anona: a classe dos flavonoides representada pela epicatemia, a quercetina e a kempferol, e a classe das acetogeninas, em altas concentrações, uma classe que parece ter efeitos anti-inflamatórios e anti-tumorais.

Um outro estudo publicado na revista “Nutrition and Cancer”, em junho de 2011 registou um efeito protetor da anona, por inibição do crescimento tumoral da linha celular MDA-MB-468, no carcinoma da mama.

Fonte: "Guia de Produção da Anona" DRA/DSDA/DATA

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar