1 1 1 1 1 Pontuação 5.00 (1 Votos)

A produção de banana na RAM

bananeiras Entre os anos 2000 e 2015, o rendimento médio do bananicultor subiu de 2.115€ para 3.886€ (+84%).

De 2014 para 2015 a produção de banana passou de 18.170 para 17.693 toneladas (-3%) ou seja, o valor manteve-se na mesma ordem de grandeza, estando a ligeira diminuição de produção mais relacionada com o andamento do ano, em termos climatológicos, bem como com a nova dinâmica que o setor apresenta, refletida no aumento de área de bananal (que não está em produção) e pela reestruturação de alguns bananais mais obsoletos que ainda não se encontram em plena produção. O valor pago à produção, fruto de uma maior incidência da produção de frutos de maior qualidade, aumentou, passando de 11.408.150€ para 11.995.854€ (+5%), resultando num aumento do rendimento por agricultor de 3.278€ para 3.886€ (+18%). Este facto relaciona-se com a aposta dos agricultores em dotar as suas plantações de meios tecnológicos mais recentes e eficazes, como é exemplo a generalização de sistemas de rega localizados com maior eficiência de utilização da água e proporcionadores de maiores produtividades.

É de relevar que o valor médio ponderado pago por cada quilo de banana tem vindo paulatinamente a aumentar, sinal de que a produção regional tem sido cada vez mais voltada para a qualidade e para as exigências de mercado.

 

No mesmo período, a quantidade de banana exportada, que acompanhou o verificado com a produção, baixou muito ligeiramente, de 15.648 toneladas em 2014 para 15.037 toneladas em 2015 (-4%). Porém, o valor dessa exportação subiu 31%, passando de 9,82 M€ (milhões de euros) em 2014 para 12,9 M€ em 2015.

Seguidamente, apresenta-se a evolução do setor nos últimos nove anos:

evol banana

Ricardo Costa
Direção Regional de Agricultura

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar