1 1 1 1 1 Pontuação 4.00 (7 Votos)

A cultura da pitangueira

pitangueira1 A pitanga é o fruto da pitangueira (Eugenia uniflora L.), planta da família das mirtáceas, com origem no Brasil.

A pitangueira é uma árvore de porte pequeno a médio, com dois a quatro metros de altura, com folhagem perene. A poda é realizada depois da apanha de todos os frutos, tendo o cuidado de intervir o mínimo possível para não prejudicar as frutificações seguintes. Efetua-se para controlar a altura da planta e para formá-la na forma de vaso.

Na Ilha da Madeira cultiva-se essencialmente nos quintais localizados nas cotas mais baixas. As altitudes propícias ao seu cultivo situam-se, na costa Sul, dos zero aos 280 metros e, na costa Norte, dos zero aos 100. Prefere temperaturas da ordem dos 20 aos 25ºC.

É uma planta com boa resistência ao vento e ao frio, com mediana tolerância ao alagamento e à seca e fraca tolerância a solos salinos. O pH ótimo do solo situa-se entre 5,5 e 6.5 e necessita de cerca de 1500 mm de água ao ano.

O compasso de plantação aconselhado num pomar é de 3 por 2 metros, o que origina uma densidade de plantação de 167 plantas por mil m2 e uma produção média de 2 500 kg por ano. Da plantação ao início da produção leva três anos.

 

pitangueira2 É uma planta que se autopoliniza. Da floração à maturação leva três a quatro semanas. O fruto é não climatérico e, portanto, não amadurece depois de colhido. De acordo com o grau de maturação o fruto poderá ter a cor verde, amarela, alaranjada, vermelha ou mesmo negra. É um fruto pouco produzido comercialmente pois por ser muito tenro quando maduro danifica-se facilmente com o transporte. Conserva-se no frio a 8ºC, com humidade de 90 a 95 % e até cinco dias.

A principal praga da pitangueira é a mosca da fruta que se pode controlar com a colocação de uma garrafa mosqueira com uma solução de fosfato diamónio na dose de 40 gr por litro de água, em cada árvore.

A propagação é realizada por semente que germina facilmente, mas deve ser logo colocada na terra pois, por ser uma semente grande, perde rapidamente humidade, o que afeta o poder germinativo.


Maria da Graça Correia de Freitas Aguiar
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Direção Regional de Agricultura

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar