1 1 1 1 1 Pontuação 3.00 (1 Votos)

rosavermelha2O cultivo da roseira iniciou-se há muitos anos atrás, sendo a rosa considerada como o símbolo de beleza pelos babilónios, sírios, egípcios, romanos e gregos.
As espécies espontâneas tiveram origem nas regiões setentrionais (Ásia e Europa).

As primeiras rosas cultivadas eram de floração estival e só depois de vários trabalhos de seleção e melhoramento efectuados no Oriente com algumas espécies, como a Rosa gigantea e a Rosa chinensis, obteve-se a conhecida "rosa de chá", de cor marfim, aroma semelhante ao chá e de carácter reflorescente. Esta rosa foi introduzida no Ocidente por volta de 1793, e serviu de base a numerosos híbridos criados desde essa data, tanto na Europa como nos Estados Unidos.

A rosa é uma das flores mais apreciadas, com grande significado estético e sentimental, pelo que é tradicionalmente considerada como muito apropriada para acontecimentos especiais e familiares. Como consequência da sua boa aceitação, a rosa ocupa um dos primeiros lugares nas vendas de flor cortada.

rosaamarelaO número de cultivares existentes hoje no mercado é enorme e é resultado das hibridações efetuadas por diferentes empresas como, por exemplo, a Meilland, a Kordes, a Delbard, a Tantau e a Gerad.

Os objectivos são variados, nomeadamente conseguir cultivares com altos rendimentos, melhor conservação pós-colheita, resistência a pragas e doenças, compatíveis com porta-enxertos, um bom comprimento e resistência do caule, folhagem abundante, propagação fácil, bom vigor, com períodos curtos entre podas e colheitas e uma flor com boa cor, tamanho, aroma e forma, entre outros.

As rosas utilizadas para flor de corte podem ser classificadas em dois tipos: híbridos de chá (rosa standard), que se caraterizam por ter uma flor grande, caule com grandes entrenós, baixa presença de botões laterais e forte dominância apical e floribundas, de flor pequena, com numerosos botões laterais, caule curto e muito produtivas.

Maria João Dragovic

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar