1 1 1 1 1 Pontuação 3.38 (16 Votos)

As próteas

Prótea

As próteas, nome dado a um grande número de espécies, são provenientes da África do Sul e da Austrália. Estes arbustos ou árvores são utilizados em jardins e como flor ou folhagem de corte.

 

Os géneros mais usados como flor cortada são as Protea sp., das quais se destacam as espécies/cultivares Protea cynaroides, Protea magnifica, 'Susara', 'Pink Ice', Protea neriifolia e Protea grandiceps., os Leucospermum sp. como, por exemplo, 'Succession II', 'Tango', 'Sunrise', 'Vlam', 'High Gold' e 'Scarlet Ribbon', e as Telopea sp.
Os Leucadendron sp., como as cultivares 'Safari Sunset', 'Goldstrike' e 'Inca Gold', são os mais utilizados como folhagem de corte.

 

As próteas preferem locais mais frescos, onde haja circulação do ar, com temperaturas a variar entre os 7 e os 27 ºC e uma humidade relativa baixa (inferior a 50%) e com uma boa exposição solar. Na Madeira, esta cultura deve ser instalada na costa sul, em zonas acima dos 350-400m de altitude, e, na costa norte, acima dos 150-200m.

 

Estas plantas preferem solos de textura ligeira a média, com boa drenagem e uma profundidade superior a 60cm. Em relação às suas características, o solo deverá ser ácido (pH entre 4,5 e 6,5), e possuir teores de fósforo baixos (inferiores a 40ppm) e de matéria orgânica médios (2-3%).

 

A plantação das próteas é geralmente efetuada nos meses de Outono e Inverno.

 

O compasso de plantação utilizado depende da espécie/cultivar a plantar: nas de flor, geralmente é de 1m entre plantas, enquanto que nas de folhagem é de 0,5m. A plantação deve ser cuidadosa, sem danificar as raízes pois estas plantas são muito sensíveis a nível radicular.

 

De uma forma geral, as próteas começam a produzir flor a partir do segundo ano após a plantação. A época de floração varia de acordo com as espécies/cultivares, podendo ocorrer durante todo o ano, como no caso da Protea cynaroides, ou em determinados meses do ano (entre Setembro e Maio).

 

Prótea Prótea Prótea
Prótea
Prótea

Maria João Dragovic

Questões  

# rosalia costa 24-03-2015 22:30
Boa noite,gostei muito da informação disponibilizada sobre as próteas mas gostaria de saber se necessitam de muita mão de obra e qual seria o custo por hectare para produzi-las.
Atenciosamente
Rosália Costa
Responder | Responder com citação | Citar
# DRADR 25-03-2015 16:26
Boa tarde.

A mão de obra é necessária tanto para as podas de formação das plantas no 1.º/2.º ano da cultura, como para a colheita das haste florais (2.º/3.º ano e seguintes) e o seu manuseamento.

Para algumas próteas é ainda necessário efetuar o "desbotoamento": nas Protea sp. é necessário tirar os rebentos laterais que vão nascendo na parte terminal da haste e nos Leucospermum sp. é necessário tirar os botões florais que estão a mais, deixando apenas um na parte terminal da haste.

A mão de obra também é necessária para a aplicação de adubos e para os tratamentos fitossanitários e controlo das infestantes (o número de horas necessárias depende do grau de mecanização dessas aplicações, bem como da forma de controlo das infestantes).

Quanto aos custos de produção por hectare, eles irão depender do tipo de prótea escolhida (se é de flor ou de folhagem e, nas de flor, quais as espécies), das condições climáticas do local, da área total, do grau de mecanização da exploração e do preço dos fatores de produção (adubos, produtos fitofarmacêuticos, água, eletricidade, combustível,...) e da mão de obra necessária.

Com os melhores cumprimentos,
a Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural
Responder | Responder com citação | Citar

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar