1 1 1 1 1

Agricultura com rosto - Luís Bonito

LBonitoLuís Bonito é um muito jovem empresário agrícola, com apenas 24 anos, que se dedica desde os 19 anos à agricultura, por gosto e vontade própria mas também por influência familiar. Diz-nos, a propósito, que apesar das dificuldades e dos riscos próprios da atividade, "trabalhar a terra é o que sempre quis fazer".

Na sua opinião, a agricultura requer empenho total e permanente e os primeiros anos são os mais difíceis mas, ainda assim, é gratificante.

Luís Bonito entende que é importante estar em permanente atualização e atento ao mercado, cada vez mais exigente e em constante mudança, de modo a produzir não só de acordo com as melhores e mais recentes práticas agrícolas mas também de acordo com o que faz falta.

 

LBonito2Com uma área aproximada de 2 500 m2 de estufas e 6 000 m2 ao ar livre, localizados nos Canhas, concelho da Ponta do Sol, e com um investimento inicial de aproximadamente 200 mil euros, investimento esse apoiado pela Comunidade Europeia e pelo Governo Regional, através da Secretaria Regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, dedica-se à cultura de hortícolas diversos, comercializados na sua maioria através do Mercado Abastecedor do Funchal.

Refere, no entanto, que a sua aposta mais recente é a cultura de papaia, da qual espera colher os primeiros exemplares no próximo Verão. Para este empresário agrícola, a papaia é vista como uma oportunidade, dada a elevada procura por este fruto.

Entretanto, e uma vez o investimento inicial consolidado, o projeto seguinte é dedicar-se também à floricultura, diversificando assim a atividade.

 

Cecília Aguiar
Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar