1 1 1 1 1 Pontuação 4.67 (3 Votos)

Observação das Pescas de pequenos pelágicos na RAM

Cerco1 Os pequenos pelágicos são peixes que constituem um importante recurso alimentar e económico na Região Autónoma da Madeira, a seguir ao peixe-espada-preto e o atum, sendo importantes para a pesca e consumo humano, mas também a nível do ecosistema, como alimento para muitos predadores marinhos que habitam ou frequentam as mesmas áreas.

Estas espécies denominadas localmente “Ruama” são capturadas durante todo o ano ao Sul da Ilha da Madeira exclusivamente com redes de cerco. É uma pesca que é realizada durante a noite e o banco de peixe é localizado com a ajuda da sonda e atraído para o barco com a ajuda de luzes em combinação com engodo. Na época do atum, também podem ser capturadas pelos atuneiros para serem utilizadas como isco vivo.

Cerco2 Apesar de haver bastante informação específica sobre a biologia e estrutura da população de cada uma das espécies, tais como a sua idade, crescimento e reprodução graças aos estudos realizados na Direção de Serviços de Investigação (DSI) da Direção Regional de Pescas (DRP), não existe uma análise socio-económica nem um plano de gestão comum para todas as espécies de Ruama. Também não temos informação sobre interacção da pesca com espécies sensíveis.

 

Assim, este trabalho tem como principais objectivos a avaliação do esforço de pesca dirigido às espécies de pequenos pelágicos na R.A.M., em particular o chicharro (Trachurus picturatus), a cavala (Scomber colias) e a sardinha (Sardina pilchardus), de modo a contribuir para a avaliação do estado destes recursos, e também a detecção de interacções com outras espécies, nomeadamente predadores como os tunídeos e os mamíferos marinhos.

Cerco3 O trabalho está integrado no Programa Nacional de Recolha de Dados da Pesca (PNRD), que decorre anualmente em todos os países membros da União Europeia, ao abrigo do Regulamento do Conselho (CE) n.º 199/2008, Decisão da Comissão (2010/93/UE) e Decisão da Comissão (UE) 2016/1251.

Assim, será efetuada a recolha de dados a bordo de embarcações da pesca de Ruama mediante a realização de um plano regular de embarques como observadora*, acompanhando 100% da frota. De futuro, este programa de observadores será ampliado aos restantes segmentos da frota pesqueira da RAM.

Raquel Tejerina Segur
Bolseira ARDITI-OOM/2016/006
Direção Regional de Pescas

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar