1 1 1 1 1 Pontuação 5.00 (1 Votos)

Ribeira Brava, agrícola à brava!

ribeira brava paisagem Prosseguindo a nossa viagem pela Ilha, rumamos para o concelho da Ribeira Brava. E quem vem do município vizinho de Câmara de Lobos, a primeira freguesia que encontramos é a do Campanário. Nos primeiros tempos, eram os cereais que predominavam e abasteciam, não só aquela localidade, mas outras povoações da Madeira. Hoje em dia, a semilha, a vinha, a banana, a anona, o abacate, entre outros cultivos, emprestam múltiplas cores que se podem ver e admirar pela antiga estrada regional.

A Fajã dos Padres, que assim se chama por ter sido pertença dos padres da companhia de Jesus, é um dos sítios paradisíacos de Campanário cuja visita é obrigatória, podendo chegar-se lá por mar ou através de teleférico. Neste lugar, que como alguém designou de “uma ilha dentro da ilha”, podemos saborear o famoso vinho ‘Malvasia’ e frutas como a banana, a goiaba, o mango, a pitanga, a papaia, o abacate e o maracujá. De realçar ainda a Festa da Castanha da Serra, que se realiza em meados de Novembro na Achada do Boieiro, situada entre o Lugar da Serra e as Fontes, sendo que este último local já faz parte da freguesia da Ribeira Brava.

 

Na freguesia e sede de concelho, Ribeira Brava, temos nos nossos dias um vale mais urbano que rural. Porém, à medida que nos deslocamos vale adentro e nas margens da ribeira, encontramos terrenos com várias hortícolas e nas encostas algumas árvores de fruto como castanheiros e nogueiras. Recentemente, através da Associação da Costa Oeste (ACOESTE) organiza-se no Outono, na frente mar da Vila, a Mostra do Maracujá e Derivados, em que é mostrada toda a versatilidade deste fruto, em bebidas e comidas.

A norte da freguesia da Ribeira Brava, surge a Serra d’ Água que do muito arvoredo ali existente, possuía outrora serras movidas a água, havendo por isso um próspero comércio madeireiro. Naquele tempo, além da agricultura, a pastorícia e até o fabrico de manteiga eram uma realidade desta localidade serrana. No presente, a apicultura também é um sector com alguma expressão, o que é compreensível por este lugar ser conhecido pela sua famosa poncha, a bebida regional que contém aguardente de cana-de-açúcar, mel de abelha e sumos de limão e de laranja, e que já ganhou fama e proveito por esse mundo afora.

E, por fim, mais a oeste, temos a Tabua que compõe o quarteto de freguesias da Ribeira Brava, onde os bananais, a cana-de-açúcar e alguma horticultura caracterizam a paisagem agrícola.

Em suma, um concelho agrícola à brava!

(O autor prefere usar a ortografia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990)

Joaquim Leça
Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural

Comentar

Código de segurança
Atualizar