1 1 1 1 1

Ações para a melhoria nas tarefas do trabalho agrícola

figura1 robo de campo  
Robô de campo, que permite chegar onde
o trabalhador não consegue
figura2 equipamento de protecao  
Exemplo de equipamento de proteção 

O trabalho agrícola tem de acompanhar os desafios dos tempos modernos, o que implica, entre outros, a disponibilização de viaturas e equipamentos adequados, bem como vestuário e calçado apropriados para a proteção dos trabalhadores, para que as operações agendadas ocorram com eficiência. É inclusive aconselhável que se proceda a um reconhecimento prévio das condições e dos riscos inerentes aos trabalhos agrícolas na exploração.

Dever-se-á também fazer uma inspeção aos equipamentos, com vista a avaliar o seu estado, melhorar a manutenção e avaliar a necessidade de adquirir equipamento novo.

Todo o equipamento, ferramentas, tratores e máquinas agrícolas deverão ser protegidos das intempéries, que provocam corrosão.

O trabalhador dever-se-á se proteger dos agentes externos, através da utilização de equipamento de proteção coletivo e individual.

Foto 2 - Utilização de Equipamento de Proteção na Agricultura

Nos trabalhos agrícolas, em tempo de pandemia, há que definir e assegurar novos e múltiplos mecanismos de segurança, tais como:

 

- Utilização de máscaras;
- Distanciamento social;
- Higienização acrescida.

Dos produtos de higiene prioritários a disponibilizar aos trabalhadores destacam-se, entre outros, os seguintes:

- Água;
- Sabão;
- Desinfetante;
- Toalhetes;
- Equipamentos diversos de proteção.

As equipas de trabalho de grande dimensão deverão ser divididas, assegurando o distanciamento social, e, se possível, em diferentes turnos diurnos. O transporte dos trabalhadores deverá ser realizado de forma a garantir que não haja sobrelotação.

Assim, no que toca também à atividade agrícola, as medidas de recomendação destinadas a evitar a propagação do novo Coronavírus SARS-CoV2 devem ser escrupulosamente respeitadas, não descurando outras medidas, como a instalação de portas automáticas e da adoção do controlo à distância no fecho e abertura de portões.

Por último, de referir que a formação contínua é fundamental para a melhoria no desempenho das tarefas agrícolas.


Carlos Freitas
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Direção Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural

Comentar

Código de segurança
Atualizar