1 1 1 1 1 Pontuação 3.67 (3 Votos)

Apresentado o Plano Estratégico para a Anona da Madeira

apresentacao plano2 O plano estratégico para a Anona da Madeira foi apresentado hoje publicamente e visa sobretudo a criação de condições que promovam o aumento da qualidade e do volume da produção de Anona da Madeira, de molde a que tire proveito das suas vantagens comparativas no aprovisionamento dos principais mercados europeus consumidores.

De facto, as qualidades organoléticas, nutritivas e medicinais das variedades produzidas fazem com que a que a Anona da Madeira apresente características sui generis e que a diferenciam, de forma geral, das anonas provenientes de outras regiões do mundo.

Estas características resultam inequivocamente do meio natural onde são produzidas e dos amanhos culturais praticados, assentes em técnicas modernas de produção, como as podas, as fertilizações, os tratamentos fitossanitários, os sistemas de rega, assim como nos processos de colheita, acondicionamento e apresentação comercial da fruta e permitem que a Anona da Madeira seja facilmente reconhecida e identificada pelos consumidores com experiência da fruta, dentro e no exterior da Região.

 

A grande linha de orientação estratégica proposta para a Anona da Madeira pretende integrar e articular todas as potencialidades dos recursos agroecológicos, técnicos, logísticos e financeiros disponíveis, com vista a obter uma vantagem competitiva sustentável nos mercados externos.

Com uma série de ações, entidades envolvidas e metas a atingir já definidas, forma elencados quatro grandes objetivos gerais. São eles:

- aumentar a área de produção;
- aumentar o volume de produção;
- aumentar o volume de exportação;
- e aumentar o rendimento dos produtores.

Este Plano, aprovado oficialmente em novembro do ano passado, vem criar as condições necessárias para o posicionamento no mercado da Anona da Madeira, aproveitando e potenciando as vantagens competitivas desde fruto, cujo nome detém o estatuto de Denominação de Origem Protegida, concedido em 2000 pela EU, sendo a única fruta regional cujo nome recebeu tal grau de proteção internacional.

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar