1 1 1 1 1 Pontuação 4.67 (6 Votos)

A anona e os seus benefícios nutricionais

anona1É com a anona, fruto de sabor único e inconfundível, que faz qualquer um provar e raramente esquecer o quão apetecível é, que estreamos esta crónica mensal acerca das propriedades nutricionais dos produtos da Ilha da Madeira no DICA, o boletim online da Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural.

A anona foi a primeira fruta regional a receber o estatuto de Denominação de Origem Protegida (DOP) e será a anfitriã da festa que decorre no Faial nos próximos dias 7 e 8 do presente mês.

Com uma polpa doce e sumarenta, possui aproximadamente 78 % de água e cerca de 75 kcal por 100 gramas. É uma fruta com um elevado valor nutritivo, onde se destacam as vitaminas C e B6, e os minerais potássio, magnésio, cobre e fósforo.

A vitamina C é um potente antioxidante natural, que contribui para a formação de colagénio e consequente manutenção dos músculos, tecidos, ossos e cartilagens, sendo ainda essencial para aumentar a resistência do organismo às infeções, atuando a vários níveis no sistema imunitário.

Por sua vez, a vitamina B6 tem um importante papel no metabolismo das proteínas e do glicogénio.

Os benefícios do potássio prendem-se com o seu papel na formação e transmissão de impulsos nervosos e na contração muscular e ainda na manutenção de uma pressão arterial normal, enquanto o magnésio contribui para a redução do cansaço e da fadiga.

 

O cobre é importante para a produção de energia, contribuindo também para o normal funcionamento do sistema nervoso e imunitário, e o fósforo ajuda na manutenção de ossos e dentes normais.

Destaca-se ainda o seu teor de fibras insolúveis, com um papel preponderante sobre a atividade do cólon, uma vez que são responsáveis pelo estímulo da motilidade intestinal, e facilitam a proliferação das bactérias não agressivas na flora bacteriana, contribuindo para a proteção da parede do cólon.

Estudos recentes revelaram a presença de duas classes de fitoquímicos na anona: a classe dos flavonóides, e a classe das acetogeninas, uma classe que se pensa possuir efeitos anti-inflamatórios e anti tumorais, uma vez que podem inibir seletivamente o crescimento das células cancerígenas e também das células do tumor resistente à adriamicina, utilizada na quimioterapia. Um outro estudo publicado na revista Nutrition and Cancer registou um efeito protetor da anona, por inibição do crescimento tumoral da linha celular MDA-MB-468, no carcinoma da mama.

Resumindo, a anona reúne inúmeras propriedades benéficas para o organismo, destacando-se a sua ação anticancerígena, anti-inflamatória, antidepressiva, de regulação da tensão arterial, e de reforço do sistema imunitário e do sistema nervoso.

 

Cláudia Melim
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Nutricionista

 

 

 

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar