1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola
A informação técnica semanal ao seu dispor!

apuramentos meteorologicos (LEGENDA)

CLIMATOLOGIA

Segundo os apuramentos meteorológicos de 8 a 14 de janeiro (ver quadro),  as condições do estado do tempo mantiveram-se de um modo geral, com o clima ameno em todas as suas vertentes, embora com alguma nebulosidade, mas com ausência de precipitação.

Atenção à frequência das regas, uma vez que os níveis de precipitação foram nulos. A intensidade média do vento (ff) fez-se sentir de uma forma moderada, não interferindo com a realização das mais variadas operações culturais.

A previsão do estado do tempo para os próximos dias (até 24 de janeiro) sem alterações de maior, mas com um pouco mais de nebulosidade que a semana anterior, com precipitação apenas na costa norte. Temperaturas a baixar gradualmente.

Tratamentos Fitossanitários

Na aquisição dos produtos fitofarmacêuticos (PF), deve informar-se, clara e previamente qual o problema fitossanitário que afeta as suas culturas e das finalidades dos mesmos, assim como se está homologado para a cultura em questão, ou seja, para as quais está autorizada a sua aplicação. Não esquecer, que é uma obrigação, registar no caderno de campo, as utilizações dos PF.

Respeite o Intervalo de Segurança (IS) que é o número de dias que decorre entre a última aplicação do PF e a colheita. Consulte sempre o rótulo do PF.

Sempre que possível deverá alternar o uso dos PF, por outros com a mesma finalidade, por forma a não permitir condições de resistência.

NOTA: Os tratamentos fitossanitários só se devem realizar sempre que as condições do estado tempo o permitirem. Importante a consulta das previsões do estado do tempo para agendar esta tarefa.

pulverizador dorso

 

previsoes meteorologicas (NOTA)

Manutenção dos Aparelhos de Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos

Aproveite os períodos mais tranquilos do Inverno para fazer uma revisão e manutenção aprofundada dos equipamentos, tendo em atenção os seguintes aspetos:

Depósito ► Lavá-lo com água limpa para eliminar possíveis incrustações de produto nas suas paredes ou no fundo. Verificar que o depósito não tenha furos nem rachadelas, procedendo à sua reparação ou substituição, se necessário.

Filtro do depósito ► A sua função é de reter as impurezas presentes na água e as partículas de produto não completamente dissolvidas. Deve-se manter em boas condições, limpando-o cuidadosamente com jato de água.

Tubagens ► Devem ser lavadas com jato de água para eliminar possíveis incrustações no seu interior. Substituí-las em caso de deterioração.

Bicos ► Os bicos podem estar obstruídos, pelo que o débito de produto irá diminuindo. É aconselhável proceder á limpeza dos bicos, depois de desmontados, para restituir a sua capacidade de pulverização. Nesta limpeza, não utilizar objetos perfurantes que possam alterar o diâmetro do orifício de saída do líquido. Caso seja necessário, substituir os bicos.

Bomba ► Nas máquinas que disponham deste elemento, deve comprovar-se periodicamente que o lubrificante contido no cárter está ao nível aconselhado. O óleo deve ser mudado periodicamente.

Manutenção do motor ► Deve limpar-se o filtro de ar a cada 50 horas de funcionamento. Controlar o estado das velas a cada 50 horas – devem-se desmontar, limpar e comprovar que a distância entre elétrodos é a correta. No caso de as velas estarem muito deterioradas, deve proceder-se à sua substituição.

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento, deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura /DSDA
Divisão de Assistência Técnica à Agricultura /DATA

Correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Telef.: 291 211 260

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar