1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola
A informação técnica semanal ao seu dispor!

apuramentos meteorologicos (LEGENDA)

Da análise dos apuramentos meteorológicos de 11 a 17 de setembro (ver quadro), verifica-se que a temperatura se manteve estável, embora com alguma nebulosidade. A intensidade média do vento fez-se sentir de forma moderada, não interferindo com a realização de operações culturais, nomeadamente a aplicação de produtos fitofarmacêuticos (PF), devendo haver, contudo, a especial atenção de não serem feitas nas horas mais quentes do dia, uma vez que as altas temperaturas condicionam a aplicação de PF’s.

As regas são de grande importância neste período e devem efetuar-se pela manhã ou à tarde e de acordo com as necessidades hídricas das culturas.

A previsão do estado do tempo para os próximos dias (até 27 de setembro) aponta para a continuação de dias de alguma nebulosidade, raramente alternando com dias mais soalheiros.

fig1 botrytis cinerea vinha
Fig. 1 – Presença de botrytis cinerea na vinha 

A monitorização das culturas deve ser mantida, nomeadamente a vinha, com particular atenção ao eventual aparecimento de algumas podridões.

Podridão cinzenta (Botrytis cinerea)

É um fungo que está na origem da chamada "podridão cinzenta" dos vegetais.

 

 

previsoes meteorologicas (NOTA)

O desenvolvimento e propagação deste fungo é favorecido por ambientes com precipitação pluviométrica elevada e alta humidade relativa do ar. Se, a isto, se adicionar teores elevados de matéria orgânica no solo, ter-se-á condições ainda mais favoráveis à sua sobrevivência. Apesar de, em geral, provocar danos consideráveis nas colheitas, constituindo a chamada "podridão cinzenta", há situações especiais em que a presença deste fungo nas vinhas até é desejada, constituindo, então, a chamada podridão nobre, essencial à obtenção de certos vinhos licorosos.

De um modo geral, as uvas afetadas pela podridão cinzenta têm efeitos negativos na qualidade dos vinhos, como perda de açúcares e baixa do teor alcoólico, alteração dos aromas e oxidação. Podem também ser elevadas as perdas de quantidade.

Este ano deverá haver poucos focos do fungo. A confirmar-se a manutenção de tempo seco nos próximos dias, não deverão registar-se ataques significativos deste fungo.

É necessário, aquando da vindima, proceder à limpeza dos cachos se possível, caso contrário, eliminá-los (de preferência enterrando-os).

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura /DSDA
Divisão de Assistência Técnica à Agricultura /DATA

Correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Telef.: 291 211 260

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar