1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola
A informação técnica semanal ao seu dispor!

apuramentos meteorologicos (LEGENDA)

CLIMATOLOGIA

Segundo os apuramentos meteorológicos de 31 de julho a 6 de agosto (ver quadro), manteve-se a tendência das últimas semanas, verificando-se na maior parte dos dias da semana tempo ameno, alternando, raras vezes, com dias de maior calor (dias de céu limpo). A intensidade média do vento a fazer-se sentir duma forma moderada, não interferindo com a realização de operações culturais, nomeadamente a aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos (PF), tendo a especial atenção de não as fazer nas horas mais quentes do dia. O vento forte e altas temperaturas, como é sabido, são fatores que limitam a aplicação de PF. As regas são de grande importância neste período, e devem efetuar-se pela manhã ou à tarde e de acordo com as necessidades hídricas das culturas.

Ver no quadro, os indicadores da Precipitação (P) e Evapotranspiração potencial (ETP), que indiciam claramente essa realidade.

A previsão do estado do tempo para os próximos dias (até 16 de agosto) aponta para que gradualmente venhamos a ter dias de céu limpo. No entanto para os próximos dias está-nos reservado ainda alguma nebulosidade.

Manter a monitorização das suas culturas, em particular os primeiros sinais das pragas para poder atuar atempadamente.

Pomóideas e prunóideas

pomar Prosseguir com os tratamentos preventivos e curativos contra as seguintes doenças: pedrado das macieiras e das pereiras (Venturia inaequalis) e ainda lepra dos pessegueiros (Taphrina deformans). O risco de aparecimento de infeções secundárias mantem-se elevado. Recomenda-se a proteção, com um produto de contacto de ação preventiva, apenas nos pomares onde existam manchas de pedrado.

 

previsoes meteorologicas (NOTA)

No Modo de Produção Biológico podem ser utilizados fungicidas anti-pedrado à base de cobre e de enxofre.

Bichado-da-Fruta (Laspeyresia/Cydia pomonella)

Ainda se encontra a decorrer a 1.ª geração de bichado-da-fruta. Como as condições se encontram favoráveis ao desenvolvimento da praga considera-se necessária a renovação de tratamento. A fim de avaliar a intensidade de ataque no seu pomar, recomendamos a realização da seguinte metodologia de estimativa do risco: observação de 1000 frutos (20 frutos por árvore em 50 árvores), na bordadura e interior do pomar. Se contabilizar 5 a 10 frutos atacados deve proteger o seu pomar com um produto de ação larvicida.

Face às elevadas temperaturas registadas, recomendamos uma vigilância aos pomares para uma prospeção ao aranhiço vermelho (Panonychus ulmi). Observe 100 folhas do terço médio do ramo (2 folhas x 50 plantas) e, se registar 50 a 75% de folhas ocupadas com formas móveis deste ácaro, deve realizar um tratamento com um acaricida homologado.

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura /DSDA
Divisão de Assistência Técnica à Agricultura /DATA

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Telef.: 291 211 260

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar