1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola
A informação técnica semanal!

apuramentos meteorologicos (LEGENDA)

CLIMATOLOGIA

Segundo os apuramentos meteorológicos de 5 a 11 de dezembro (ver quadro), verificaram-se significativas melhorias do estado do tempo relativamente à semana anterior, permitindo a realização de forma segura, da grande maioria das operações culturais.

Relativamente às regas, há que continuar a regar, de acordo com as necessidades hídricas das culturas, nomeadamente na costa sul onde os níveis de precipitação não foram os suficientes para por de lado esta prática. Ver no quadro, os indicadores da Precipitação (P) e Evapotranspiração potencial (ETP), que indiciam claramente essa realidade.

A previsão do estado do tempo para os próximos dias (até 21 de dezembro), mantém-se, ou seja, reserva-nos, na costa sul, alguma nebulosidade e pouca precipitação. A norte, o IPMA prevê além de muita nebulosidade a possibilidade de chuva fraca e aguaceiros.

Operações culturais

mobilizacao soloContinuar a mobilização dos solos para as sementeiras e plantações de outono-inverno, onde se irão fazer novas plantações de fruteiras e vinhas em janeiro/fevereiro procedendo à correção da reação do solo e à incorporação de composto.

Importante não esquecer que é necessário desde já efetuar as encomendas das fruteiras e dos bacelos.

Deverá aproveitar-se esta altura do ano, para proceder-se à calagem dos solos, mediante os resultados de análise laboratorial.

 

previsoes meteorologicos (NOTA)

plantacao solo Na sucessão das culturas hortícolas (rotação), técnica cultural muito utilizada na Região, é de todo conveniente alternar com uma leguminosa, para que haja um equilíbrio de azoto no solo, retardando ao máximo o esgotamento do solo neste nutriente.

Armar canteiros para as sementeiras e plantações próprias da época.

Podar as roseiras e outros arbustos de jardim, bem como árvores ornamentais, nomeadamente as de rebentação mais temporã. Depois de podadas, pulverizar as roseiras com calda bordalesa.

Proceder à abertura de valas, regos ou outras obras que se considerem vantajosas para evitar a estagnação da água das chuvas.

Conservar o jardim limpo, procedendo à apanha da folhagem caída e aproveitando-a com outros restos de plantas, ervas, detritos vários e cinzas, para o fabrico de composto.

Para preservar e melhorar a fertilidade do solo é preciso usar técnicas culturais que tenham efeito direto sobre as suas características, sendo para isso fundamental, nas nossas condições, aumentar o seu teor em matéria orgânica, fertilizar racionalmente as culturas e corrigir a acidez do solo, de acordo com análises laboratoriais, como já referido anteriormente e que podem ser obtidas gratuitamente no Laboratório Agrícola da Madeira, situado na Camacha.

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura /DSDA
Divisão de Assistência Técnica à Agricultura /DATA
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 
Telef.: 291 211 260

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar