1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola
A informação técnica semanal!

apuramentos meteorologicos (LEGENDA)

Segundo os apuramentos meteorológicos de 29 de agosto a 7 de setembro (ver quadro), verificaram-se dias de muito calor, conforme previsto. A intensidade média do vento, com valores, que não interferem, duma maneira geral, com a realização de operações culturais, nomeadamente a aplicação de produtos fitofarmacêuticos. No entanto, devido às elevadas temperaturas recomenda-se regar com antecedência de 2 a 3 dias antes de realizar os tratamentos fitossanitários.

Regar, de acordo com as necessidades hídricas da cultura. Ver no quadro, os indicadores da Precipitação (P) e Evapotranspiração potencial (ETP), que indiciam claramente essa realidade.

A previsão do estado do tempo para os próximos dias, reserva-nos, na costa sul, alguma nebulosidade e céu limpo nos dias 2 e 3 de setembro. A norte, o IPMA prevê de 29 de agosto a 2 de setembro a possibilidade de chuviscos ou chuva fraca.

Na RAM, a grande maioria das anoneiras apresenta sintomas causados por uma praga, designada por:

“Cochonilha Branca” ou “Lapa Branca” (Nipaecoccusnipae)

anoneira cochonilha A “cochonilha branca” da anoneira é uma das pragas que tem afectado com maior incidência a produção de anona, conduzindo à debilitação das plantas, e a perdas significativas da produção, destruindo e desvalorizando o fruto.

Efeitos da praga na cultura

As fêmeas da “cochonilha branca” põem os ovos na Primavera nos órgãos mais tenros das árvores, multiplicando-se rapidamente com humidades elevadas, produzindo um melaço (excrementos da praga que vai servir de substrato para o fungo da fumagina (Capnodium elaeophilum) que debilita as plantas com consequente desvalorização do fruto.

 

previsoes meteorologicas (NOTA)

Fatores que favorecem o aparecimento da praga

anoneira cochonilha 1 A “cochonilha branca” ataca as folhas ramos e frutos da anoneira quando o tempo é quente. Embora apareça durante todo o ano, a sua maior incidência ocorre no período primavera-outono.

Meios de luta recomendados

Tratamentos químicos

Actualmente encontra-se homologado um produto no combate à “cochonilha branca” da anoneira, com o nome comercial IMIDAN 50 WP assente na substância ativa fosmete, numa concentração de 60g/hl. Este produto apresenta a vantagem de controlar simultaneamente a cochonilha algodão e a mosca da fruta.

Ter sempre em atenção o intervalo de segurança dos produtos (período que decorre entre a aplicação do produto e a colheita). No caso do Imidan 50WP, o intervalo de segurança é de 28 dias após a sua aplicação. Recomenda-se ainda a leitura do rótulo.

Aquando da rebentação aplicar água com sabão, através de jacto forte, direccionado à praga que se encontra abrigada (em forma de hibernação) no tronco, pernadas e ramos.

Manter o alerta, nesta época de maior calor, para iminência dos incêndios, recomenda-se a limpeza das matas e também evitar o acumular de resíduos vegetais facilmente combustíveis (madeira e folhagem) na sua exploração agrícola, a fim de prevenir eventuais incêndios.

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura /DSDA
Divisão de Assistência Técnica à Agricultura /DATA
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 
Telef.: 291 211 260

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar