1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola: a informação técnica semanal ao seu dispor!

apuramentos meteorologicos (LEGENDA)

CLIMATOLOGIA

Segundo os apuramentos meteorológicos (ver quadro), constata-se uma continuidade das condições do estado do tempo, ou seja, ameno. Alguns chuviscos principalmente a norte. Continuar com as observações às nossas culturas com intuito de detetar os primeiros sinais/sintomas de eventuais pragas/doenças e poder agir atempadamente.

A intensidade média do vento a fazer-se sentir duma forma moderada, não interferindo com a realização de operações culturais, nomeadamente a aplicação de produtos fitofarmacêuticos. Relativamente às regas, há que regar, de acordo com as necessidades hídricas das culturas. Ver no quadro, os indicadores da Precipitação (P) e Evapotranspiração potencial (ETP), que indiciam claramente essa realidade. A previsão do estado do tempo para os próximos dias, reserva-nos dias de alguma nebulosidade, alternando raramente com céu limpo e alguma precipitação principalmente a norte. Manter a monitorização, às suas culturas, como já atrás referido.

Anoneiras

A poda da anoneira é determinante para a produção das plantas e para o controlo da qualidade dos frutos. Na altura de se efetuar a poda de formação, que deve ser realizada nos primeiros 2 a 3 anos após a plantação, escolhe-se o sistema de condução que vai determinar o futuro desenvolvimento da planta.

poda anoneira

Na RAM é mais utilizado o sistema em vaso. Na altura da plantação a planta é atarracada a 60 ou 80 cm acima do nível do solo, deixando-se desenvolver 3 a 4 ramos inseridos em diferentes posições no tronco principal.

O compasso de plantação mais utilizado nos pomares da RAM é 5 m x 4 m.

Na poda de frutificação aplicada às árvores adultas, pretende-se manter o equilíbrio entre os ramos vegetativos e reprodutivos, e assim conseguir uma boa carga, beneficiando a qualidade e a quantidade de frutos.

A poda deve ser executada quando o terço superior da copa apresentar as folhas com cor amarelada, e antes de se iniciar a nova rebentação.

Devem ser eliminados os ramos interiores, os ramos secos, os indevidamente situados, os enfraquecidos e ainda qualquer ramo que prejudique o bom desenvolvimento de outros ramos e os que tendem a alongar-se desmedidamente, atarracando-se estes principalmente com cortes sobre laterais.

Deste modo devem resultar copas baixas, protegendo-se assim as plantas e os frutos dos ventos fortes e facilitando a colheita dos frutos.

 

previsoes meteorologicas (NOTA)

A poda da anoneira é efectuada durante os meses de Março a Maio, correspondendo à poda de Inverno. A poda em verde realiza-se durante os meses de Julho e Setembro.

Monitorizar as anoneiras na tentativa de detetar a presença da cochonilha algodão e caso se verifique a sua presença poderá aplicar o Imidan 50 WP (fosmete) numa concentração de 60g/hl. (Leitura do rótulo).

Abacateiro

ninfas percevejo abacateiro adultos percevejo abacateiro
Adultos e ninfas do percevejo do abacateiro

Conveniente nesta altura do ano estar atento também, à atividade do percevejo do abacateiro – Pseudacysta perseae, para aos primeiros sinais da sua presença atuarmos de imediato com aplicação de Confidor O-TeQ (imidaclopride) numa concentração de 50ml/hl.

  aranhico abacateiro pormenor aranhico abacateiro
 Sinais do aranhiço branco ou cristalino na folha do abacateiro

Neste momento, as condições climáticas e fenológicas do abacateiro são favoráveis ao ataque do aranhiço branco ou cristalino do abacateiro - Oligonychus perseae nas folhas. O ataque provoca a queda prematura das folhas, comprometendo a futura produção e expondo tanto os frutos como os ramos, a queimaduras pelo sol.

Assim, recomenda-se pulverizar os mesmos, molhando toda a copa, preferencialmente as páginas inferiores das folhas, devendo utilizar-se para tal:

O Vertimec 018 EC, numa concentração: 150ml/hl no máximo de 2 aplicações: 1.º tratamento - ao aparecimento dos primeiros sinais e 2.º tratamento - três semanas depois, 14 dias será o intervalo de Segurança (período que deverá decorrer obrigatoriamente entre a aplicação e a colheita).

Observação: dever-se-á regar as plantas um dia antes da aplicação do produto.

Convém lembrar que ao longo da semana ainda estão a ser realizadas ações de sensibilização sobre a aplicação de produtos fitofarmacêuticos.

Obtenha informações junto dos serviços agrícolas da Direção Regional da Agricultura.

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura
Divisão de Assistência Técnica à Agricultura (DATA)
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 
Telef.: 291 211 260

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar