1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola: a informação técnica semanal ao seu dispor!

apuramentos meteorologicos (LEGENDA)

CLIMATOLOGIA

Segundo os apuramentos meteorológicos (ver quadro), constata-se uma melhoria gradual das condições do estado do tempo, o que obriga a uma observação atenta das nossas culturas na tentativa de procurar os primeiros sinais de eventuais pragas, para poder agir atempadamente.

A intensidade média do vento a fazer-se sentir duma forma moderada, não interferindo com a realização de operações culturais, nomeadamente a aplicação de produtos fitofarmacêuticos. Relativamente às regas, há que regar, de acordo com as necessidades hídricas das culturas. Ver no quadro, os indicadores da Precipitação (P) e Evapotranspiração potencial (ETP), que indiciam claramente essa realidade. A previsão do estado do tempo para os próximos dias, reserva-nos dias de alguma nebulosidade, alternando raramente com céu limpo e ausência de precipitação. Manter a monitorização, às suas culturas, como já atrás referido, nomeadamente aos castanheiros. Deve seguir-se na íntegra as recomendações que se seguem.

  galhas castanheiro
 Presença de galhas em castanheiro causadas pela vespa

Vespa das galhas (Dryocosmus kuriphilus)

A luta biológica, com recurso ao parasitóide da vespa das galhas Torimus sinensis, inimigo natural da vespa das galhas, é a única perspetiva de vir a controlar esta praga exótica nos próximos anos. O êxito das largadas e a aclimatação do parasitóide na região dependem da colaboração dos produtores, seguindo rigorosamente as instruções que forem sendo difundidas pelos serviços técnicos da DRA.

 

previsoes meteorologicas (NOTA)

Não devem nem podem ser aplicados produtos fitofarmacêuticos nos castanheiros com o intuito de combater a vespa das galhas, nem na vizinhança, pois são proibidos e totalmente ineficazes. Por outro lado, matariam os parasitóides introduzidos, comprometendo gravemente o resultado desta ação, muito dispendiosa e que exige anualmente a mobilização de dezenas de pessoas durante várias semanas.

Os incêndios são também um potencial fator de destruição das pequenas populações de Torimus sinensis que se estão a começar a instalar na natureza. Proteja os seus castanheiros do fogo, mantendo o terreno e a vizinhança limpos de matos. Não devem ser cortadas as galhas secas, uma vez que o parasitóide Torimus sinensis passa o inverno dentro delas e em parte, ainda aí permanece nesta altura do ano, nos locais onde foram efetuadas largadas no ano anterior. A partir de agora, nos locais onde já foram feitas largadas de Torimus sinensis e nas proximidades, não devem ser cortadas as galhas verdes nem secas.

Convém lembrar que ao longo deste e do próximo mês estão a ser realizadas ações de sensibilização sobre a aplicação de produtos fitofarmacêuticos. Quem ainda não frequentou esta ação poderá fazê-lo, inscrevendo-se no site da secretaria (www.madeira.gov.pt/srap), ou aparecer nos locais onde vão ser ministradas essas ações, inscrevendo-se no momento. Obtenha informações junto dos serviços agrícolas da sua freguesia, juntas de freguesia ou casas do povo, sobre a calendarização destas ações.

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura
Divisão de Assistência Técnica à Agricultura (DATA)
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 
Telef.: 291 211 260

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar