1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola
A informação técnica semanal ao seu dispor!

apuramentos meteorologicos (LEGENDA)

CLIMATOLOGIA

Verifica-se nesta altura do ano um arrefecimento noturno, que origina as indesejadas condensações (formação de gotas) sobre as culturas, fomentando o aparecimento de fungos patogénicos, havendo assim necessidade de intervir para evitá-los, como se indica mais à frente.

Prevê-se para a próxima semana continuação de boas condições do estado do tempo, ou seja, dias de céu limpo, com gradual aumento da temperatura, com alguns aguaceiros esporádicos. A frequência das regas terá necessariamente que ser maior, basta verificar os valores da evapotranspiração, que estão muito acima dos valores da precipitação.

Condições do estado do tempo ótimas para algumas atividades a desenvolverem na exploração agrícola, nomeadamente, práticas culturais (empalhamento do solo, eliminação de focos de pragas, substituição periódica do atrativo nas garrafas mosqueira, etc...) que permitam evitar a aplicação sistemática de produtos fitofarmacêuticos. Nas fruteiras com os frutos já vingados proceder à fertilização de produção.

TRATAMENTOS FITOSSANITÁRIOS

Na aquisição dos produtos fitofarmacêuticos deve informar-se claramente das finalidades dos mesmos, assim como quais as culturas para o qual está homologado, ou seja, para as quais está autorizada a sua aplicação. Não esquecer que é uma obrigação, o registo no caderno de campo, das utilizações dos produtos fitofarmacêuticos.

- Frutícolas

Com as melhorias previsíveis das condições do estado do tempo, irá verificar-se um aumento na atividade da mosca da fruta (Ceratitis capitata), daí recomendarmos, dum modo geral, para todos os pomares vulneráveis à mesma, a colocação de garrafas mosqueiras (armadilhas de captura massiva) e proceder à substituição periódica (15 em 15 dias) do atrativo nas garrafas mosqueiras, como uma medida complementar e não de substituição aos produtos fitofarmacêuticos autorizados. Em média colocar uma armadilha, por cada três árvores.

 

previsoes meteorologicas (NOTA)

Prosseguir com os tratamentos preventivos e curativos contra as seguintes doenças: pedrado das macieiras e das pereiras e ainda lepra dos pessegueiros.

- Vinha

É a altura indicada para tratar a vinha, a título preventivo, contra as eventuais formas hibernantes dos habituais fungos patogénicos (míldios e oídios).

- Hortícolas

Pulverizar batatais e tomatais, com caldas cúpricas para evitar o aparecimento de míldio. Com estas condições do estado do tempo e com a formação de condensações sobre as plantas, devido ao arrefecimento noturno, torna-se imperativo realizar estas pulverizações.

O milho é uma cultura atreita aos afídios (piolhos) nesta altura do ano, pelo que é necessário dar início aos tratamentos assim que surjam os primeiros focos.

A rega dos morangueiros deve ser abundante e acompanhada de adubação de cobertura de produção.

- Jardins

Aplicar enxofre (pó molhável) nas roseiras, para evitar o aparecimento do oídio.

OPERAÇÕES CULTURAIS

- Mondas

Condições do estado do tempo ótimas, para a realização de variadas atividades na exploração agrícola, nomeadamente as mondas.

-Jardins

Rega-se as hortas e jardins de preferência à tardinha, para que a terra conserve por mais tempo a água absorvida e ser mais facilmente aproveitada pelas plantas.

A titulo de curiosidade, a sabedoria popular diz-nos que:
A chuva de S. João tolhe a vinha e não dá pão
Lavra por S. João se queres ter pão
Pelo S. João deve o milho cobrir o chão

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telef.: 291 214 310

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar