1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola
A informação técnica semanal ao seu dispor!

apuramentos meteorologicos (LEGENDA)

CLIMATOLOGIA

Na próxima semana, prevê-se a continuidade das condições amenas que se têm verificado, embora com pequenos aguaceiros esporádicos, mantendo-se assim as condições razoáveis para qualquer tipo de atividade na exploração agrícola, nomeadamente as mobilizações de solo, mondas, podas, enxertias e pulverizações.

Constata-se ainda que, face à análise dos dados relativos à precipitação e correspondente evapotranspiração, pode ir reduzindo as regas gradualmente. Nas zonas onde a precipitação for nula ou baixa (o que se verifica em quase toda a costa sul da região), com valores abaixo da evapotranspiração, deve manter a periodicidade das regas.

TRATAMENTOS FITOSSANITÁRIOS

Na aquisição dos produtos fitofarmacêuticos deve informar-se claramente das finalidades dos mesmos assim como quais as culturas para o qual está homologado, ou seja, para as quais está autorizada a sua aplicação. Não esquecer, o que deve ser um hábito, o registo das utilizações dos produtos fitofarmacêuticos.

As embalagens vazias dos produtos fitofarmacêuticos não devem ser colocadas nos ecopontos ou queimadas, devendo ser entregues nas lojas onde foram adquiridos.

- Frutícolas:

No caso das fruteiras que não têm produtos fitofarmacêuticos homologadas para o combate da mosca da fruta (Ceratitis capitata), nomeadamente a nespereira, por estar em produção nesta altura do ano, recomenda-se o uso de garrafas mosqueiras (armadilhas de captura massiva), para protegê-las desta praga o máximo possível.

- Vinha:

É a época certa para sulfatar a vinha, a título preventivo contra as eventuais formas hibernantes dos habituais fungos, antes que se manifestem.

OPERAÇÕES CULTURAIS

- Sementeira:

Deve preparar-se os canteiros para as sementeiras de primavera/verão. É a época própria para a sementeira do feijão e ervilha.

- Plantação:

As condições climatéricas estão ótimas para a plantação do tomate, pepino, pimento, cabaças, brássicas, melancias e meloas.

 

previsoes meteorologicas (NOTA)

- Poda:

O período compreendido entre dezembro/janeiro e fevereiro/março, após a queda das folhas, é o indicado para realizar a poda do kiwi, com o objetivo de obter uma boa distribuição das varas de produção, assegurando assim a boa frutificação, o arejamento, a polinização e a luminosidade da copa. Consiste em eliminar os ramos que frutificaram no ano anterior, os demasiado fortes e todos os excedentes, de forma a assegurar a renovação da madeira nova.

As varas, com 18 a 20 gomos, de entre nós curtos e gomos bem pronunciados, devem ser dispostas em compasso 5x5, de 22 a 25 varas/planta ou em compasso 5x3, de 15 a 18 varas.

As plantas doentes devem ser podadas no final e, caso se detetem necroses nos braços, estes devem ser eliminados até à madeira sã e retirados posteriormente do pomar ou queimados. Deve-se escolher uma nova vara para reconstituir a planta.

A desinfeção de ferida deve ser feita no decorrer da poda, desinfetando todos os cortes de maior dimensão com uma pasta cúprica. A tesoura de poda deve ser desinfetada com hipoclorito de sódio a 5 % (lixívia).

A empa consiste em atar as varas aos arames de suporte, tendo o cuidado de não as cruzar entre si, de forma a permitir uma boa penetração de luminosidade e boas condições de polinização.

No final da empa, com o auxílio de uma vara de medida, deve cortar-se todas as varas a 70 cm do solo.

Por precaução, todo o material resultante da poda das plantas infetadas deve ser removido do pomar e destruído e só depois proceder ao seu destroçamento, com ou sem incorporação.

De referir que as zonas de maior altitude são as mais indicadas para a produção de kiwis, dado ser conveniente que o número de horas de frio abaixo de 7ºC seja superior a 600 horas/ano, para favorecer a quebra de dormência da planta.

Conforme referido nas semanas anteriores, a poda é recomendável nesta altura do ano de preferência e, para além do kiwi, macieiras, pereiras, pessegueiros, cerejeiras e ameixeiras devem ser podados.

- Enxertia:

Mantém-se a recomendação para a realização de enxertia de algumas fruteiras, conforme também referido nas semanas anteriores, pelo que deverá programar perante os serviços oficiais ou perante o enxertador particular para que sejam efetuadas de imediato.

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telef.: 291 214 310

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar