1 1 1 1 1

Meteorologia agrícola
A informação técnica semanal ao seu dispor!

apuramentos meteorologicos (LEGENDA)

CLIMATOLOGIA

O estado do tempo na próxima semana manter-se-á ameno, com os já habituais aguaceiros a acontecerem de forma esporádica. Continuam, assim, as condições climatéricas razoáveis para as atividade na exploração agrícola, nomeadamente as mobilizações de solo, mondas, podas, enxertias e pulverizações. Nas zonas onde a precipitação tem sido baixa, ou seja, em quase toda a costa sul da região, e com valores abaixo da evapotranspiração, dever-se-á manter a periodicidade das regas. No entanto, pode reduzir gradualmente as regas em Santana e no Santo da Serra.

TRATAMENTOS FITOSSANITÁRIOS

Na aquisição dos produtos fitofarmacêuticos deve informar-se claramente das finalidades dos mesmos assim como quais as culturas para o qual está homologado, ou seja, para as quais está autorizada a sua aplicação. Não esquecer, o que deve ser um hábito, o registo das utilizações dos produtos fitofarmacêuticos.

Não esqueça também que as embalagens vazias dos produtos químicos não devem ser colocadas nos ecopontos nem queimadas mas entregues nas lojas onde foram adquiridos.

- Hortícolas:

Sempre que o estado do tempo permitir, e tem sido o caso, deverá aproveitar para manter os tratamentos preventivos contra os fungos que proliferam com estas condições do estado tempo, nomeadamente o míldio na batateira e a botrytis do morangueiro, respeitando sempre o número de tratamentos a efetuar relativos a cada cultura.

- Frutícolas:

Deve pulverizar com calda bordalesa para combater as formas hibernantes de pedrado e os focos de crivado e de lepra nos pessegueiros.

De modo a baixar o nível populacional de ácaros, cochonilhas São José e afídios, recomenda-se o combate das suas formas hibernantes através de um tratamento que se deve posicionar o mais próximo possível da rebentação (inchamento dos gomos), pulverizando em alto volume e alta pressão com um produto à base de óleo de verão a 4% (4 litros/100 litros de água), molhando bem o tronco e as pernadas.

Nas nespereiras, e para todas as fruteiras para as quais não existe produtos fitofarmacêuticos homologadas para o combate da mosca da fruta, recomenda-se o uso de garrafas mosqueiras (armadilhas de captura massiva), para minorar o ataque da mosca da fruta (Ceratitis capitata).

- Vinha:

É a época certa para sulfatar a vinha a título preventivo contra as formas hibernantes dos eventuais fungos, antes que se manifestem.

 

previsoes meteorologicas (NOTA)

OPERAÇÕES CULTURAIS

Deve continuar com a limpeza de infestantes nas linhas e entrelinhas dos pomares.

- Sementeira:

Continuar a preparar os canteiros, tanto para as sementeiras da época como para as da Primavera/Verão.

É a época própria para a sementeira do feijão e da ervilha.

- Plantação:

As condições climatéricas estão ótimas para plantação das seguintes culturas: tomateiro, pepino, pimentos, cabaças; melancias e meloas.

Convém relembrar que terras das hortas, passados alguns anos de cultura intensiva, tornam-se ácidas, tornando-se indispensável aplicar calcário, de acordo com análises laboratoriais.

Continuar com os procedimentos de preparação das culturas de Primavera/Verão, a batata e o milho de regadio, em particular.

- Poda:

Continue ou inicie a poda da vinha e das fruteiras.

Conforme já referido anteriormente, a poda é recomendável nesta altura do ano e sempre que o estado do tempo permitir, quer nas figueiras quer nas prunóideas, sobretudo o pessegueiro, a cerejeira e a ameixeira.

- Enxertia:

Esta é também a época própria para realizar a enxertia de algumas fruteiras como tem sido anunciado nas últimas semanas, pelo que deverá programar perante os serviços oficiais ou perante o enxertador particular, para que sejam efetuadas de imediato.

- Adega:

Deve concluir as trasfegas, aproveitando o tempo seco e sem grandes variações de temperatura. Prosseguir ou terminar o engarrafamento dos vinhos.

- Jardim:

Aconselha-se a execução de caldeiras em volta das árvores e arbustos, onde se lança estrume que não deve ficar em contacto com as plantas (este estrume é coberto com terra na Primavera).

Para mais informação relativamente à prevenção e/ou tratamento deverá contactar o seguinte serviço da Direção Regional de Agricultura:

Direção de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telef.: 291 214 310

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar