1 1 1 1 1

A tradicional "Feira do Gado" apresenta algumas novidades

A 59.ª Feira Agro-Pecuária do Porto Moniz, a tradicional "Feira do Gado", realiza-se de 4 a 6 de julho de 2014 e apresenta algumas novidades que importa realçar.

feira ag pec cartaz

 

Desde logo, o Ano Internacional da Agricultura Familiar, declarado pela ONU, que dá o enquadramento à Feira de 2014.

Com esta decisão, a ONU pretende apoiar o desenvolvimento de políticas agrícolas, ambientais e sociais favoráveis à agricultura de pequena dimensão e aumentar o conhecimento, a comunicação e a compreensão pública sobre as necessidades, o potencial e os desafios da Agricultura Familiar.

Por outro lado, a presença de novas empresas do sector agroalimentar na Feira revela dinâmica, renovação e novas apostas dos investidores na Agricultura da Região Autónoma da Madeira.

Assim, estarão presentes quatro novas empresas Madeirenses que se dedicam à exportação de fruta, ao comércio grossista de produtos hortofrutícolas, à produção de massas frescas e à produção e comércio de cabazes de hortofrutícolas a domicílio.

Estas empresas, das áreas da produção, transformação e diversas formas de comércio, já inscritas na marca "Produto da Madeira", serão mais um motivo de interesse da Feira de 2014.

E por se tratar da "Feira do Gado", merece também destaque a produção pecuária regional que tem vindo a crescer, principalmente nos sectores da carne de frango, ovos e leite. Contribuindo para a diversificação dos produtos regionais, serão apresentados novos produtos na área da transformação do leite.

A Madeira tem vindo a apostar decisivamente na qualidade e na diferenciação dos seus produtos e a Feira é uma importante forma de divulgação.

Mas é também uma forma de reconhecimento porque todos os sectores têm contribuído para o desenvolvimento da agro-pecuária regional, que nos últimos anos tem registado forte crescimento, quer nas quantidades produzidas quer no rendimento dos agricultores, quer ainda na quota de mercado.

Este ano, a Feira conta com a presença de 132 entidades diversas, mais três que em 2013, entre produtores pecuários, agricultores, empresas agrícolas e comerciais, associações e entidades públicas.

O programa da Feira inclui o tradicional leilão de gado no dia 5 às 15h e a missa campal no dia 6 às 11,15h.

Bons motivos para visitar a Feira!

 

Bernardo Melvill de Araújo

Direção Regional de Agricultura

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar