1 1 1 1 1

O Mercado dos Agricultores foi à Escola da Calheta

ano int agric familiar calheta2No passado dia 19 de fevereiro, realizou-se na Escola Básica e Secundária da Calheta (EBSC) uma iniciativa do departamento de línguas daquela Escola, através da Prof.ª Raquel Vieira, no âmbito do Ano Internacional da Agricultura Familiar (AIAF), em que se pretendeu levar alguns agricultores/vendedores do Mercado dos Agricultores dos Prazeres à Escola, para venda de produtos agrícolas e derivados, entre outros.

Assim, estiveram presentes quatro agricultores daquele Mercado, entre as 9h30 e as 13h30, que levaram até à Escola vários produtos hortícolas e frutícolas, bem como algum artesanato, para venda à comunidade escolar e a qualquer interessado que ali quisesse realizar as suas compras.

Refira-se que para a concretização deste Mercado, a Escola disponibilizou o espaço, elaborou pequenas etiquetas com os nomes dos produtos em quatro línguas (português, inglês, francês e alemão) e divulgou o evento através da comunicação social. Coube ao CAPRA providenciar as armações para a colocação das caixas com os produtos, o transporte e o contacto com os agricultores.

 

ano int agric familiar calheta1Tratando-se da primeira vez que se realizou esta iniciativa, as vendas foram relativas.

Porém, atendendo ao universo daquela escola que tem uma população escolar de quase um milhar de pessoas (alunos, professores e funcionários), é expectável que, a haver continuidade desta atividade conjunta entre a EBSC e a DRADR, através do CAPRA, no próximo ano, certamente as vendas de produtos agrícolas e derivados, entre outros, irão ao encontro das expectativas dos agricultores/vendedores que habitualmente comercializam ao domingo as suas produções no Mercado dos Agricultores dos Prazeres.

 

Joaquim Leça
João Alegria
Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar