1 1 1 1 1 Pontuação 1.00 (1 Votos)

“Emigração Madeirense para a Venezuela (1940-1974)” apresentado na Ilha

dia emigrante 2018 PROGRAMA

 

Integrado no programa do Dia Emigrante, que decorre no próximo dia 12 de agosto, na Freguesia da Ilha, terá lugar a apresentação do livro “Emigração Madeirense para a Venezuela (1940-1974)”, de Joselin da Silva do Nascimento, nascida na Venezuela.

Este livro, lançado no passado dia 10 de julho, no Funchal, é baseado na sua dissertação de Mestrado em Estudos Interculturais – Estudos Luso-Brasileiros, pela Universidade da Madeira. A dissertação foi orientada cientificamente pelo professor doutor João Adriano Ribeiro e teve como principal fator motivador a ligação familiar ao fenómeno das mobilidades da autora e o aprofundamento das suas raízes.

Trata-se de um estudo sobre a emigração madeirense para a Venezuela, que reflete o contexto, as histórias e o espírito associativo que esteve sempre presente entre a região e aquele País.

O livro retrata principalmente, duas fases na emigração, uma entre 1940 e 1960, por necessidade e pela vontade de triunfar em negócios próprios, e uma segunda, entre 1961 e 1974, relacionada com a Guerra Colonial em África, em que muitos jovens emigraram para fugirem ao serviço militar.

O programa de animação (ver programa completo ao lado), que é variado, terá início pelas 11h00 e término pelas 03h00, destacando-se a Missa a Nossa Senhora do Rosário pelos Emigrantes, bem como o espetáculo do artista nacional Sérgio Rossi.

 

Casa do Povo da Ilha

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar