1 1 1 1 1 Pontuação 5.00 (1 Votos)

Tempos de Hortofruticultura no Jardim da Serra

enxertia cerejeira A Junta de Freguesia do Jardim da Serra, através do CDISA Quinta Leonor, organizou uma nova edição do evento denominado Tempos de Hortifruticultura. Este evento está a decorrer nesta freguesia, entre os meses de janeiro e de fevereiro do ano em curso.

O programa integra iniciativas pedagógicas, enxertia e plantação de cerejeiras e uma conferência sobre esta variedade de árvore de fruto, tão emblemática do Jardim da Serra.

Com estes "Tempos...", pretende-se atingir os seguintes objetivos: 1.º apresentação de possíveis soluções para os problemas que afetam o cultivo da cerejeira; 2.º divulgação e promoção da Agricultura Biológica.

No passado dia 19, entre as 9 e as 13 horas, na Quinta Leonor, decorreram atividades sobre Fruticultura e Agricultura Biológica, destinadas aos alunos da EB1/PE do Jardim da Serra, e que foram dinamizadas pelo técnico agrícola Joel Sousa, pelo técnico de agricultura biológica Edésio Rodrigues e pelo Eng.º Marco António Gonçalves, responsável pelo projeto de Agricultura Biológica do Hotel Quinta da Serra.

 

Na presente data, foi dado início à enxertia de cerejeiras, nos pomares dos agricultores, a qual se prolongará até ao início do mês de fevereiro. As inscrições para estas atividades deverão ser feitas, na Junta de Freguesia ou através do telefone desta instituição (291946777). Nos dias 23 e 24, serão plantadas cerejeiras, nas bermas de algumas estradas da freguesia.

No dia 26 do mês em curso, pelas 19 horas, na Sala Polivalente do Centro Cívico, a Eng.ª Aurélia Sena da Direção Regional de Agricultura proferirá uma palestra sobre “Plantação e Tratamento de Cerejeiras”. Durante esta palestra, será dado a conhecer aos participantes aquilo que está a ser feito para resolver ou, pelo menos, para controlar os problemas que vêm afetando as cerejeiras. No final dessa conferência, serão entregues, aos participantes, folhetos explicativos sobre os tratamentos que deverão ser feitos às cerejeiras, nas épocas próprias. Estas iniciativas têm o apoio de diversas entidades, nomeadamente, da Direção Regional de Agricultura, da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, do Hotel Quinta da Serra, da Casa do Povo e da EB1/PE do Jardim da Serra, da Paróquia de São Tiago e do Viveiro Sousa.

Dada a importância destes temas para a economia local, a Junta de Freguesia convida todos os produtores de cereja e agricultores em geral a participar nestas iniciativas e a colaborar na realização de outras que, brevemente, serão anunciados para o sector da produção de cereja.

Junta de Freguesia do Jardim da Serra

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar