1 1 1 1 1

DRADR e OrganicA dão a conhecer o lado BIO da Madeira na Terra Sã

FN agric biol cartazA Madeira estará presente na Terra Sã - Feira Nacional de Agricultura Biológica, que este ano se realiza em Lisboa, no Campo Pequeno, entre 30 de maio e 1 de junho.

Com efeito, a Agrobio - Associação Portuguesa de Agricultura Biológica, entidade organizadora do evento, fez questão de convidar a Região Autónoma da Madeira a participar neste certame, atendendo ao papel de destaque que a Região tem tido neste sector e ao trabalho em prol da dinamização da agricultura biológica.

A presença será liderada pela Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural em conjunto com a OrganicA, promovendo a vertente bio da Madeira como um todo, sendo que para o efeito foram convidados operadores biológicos regionais com potencial de exportação.

A Terra Sã teve início em 1988, na Estufa Fria, em Lisboa, com o nome "Terra Sã - Feira de Alternativas".

Designando-se atualmente "Terra Sã - Feira Nacional de Agricultura Biológica", este certame constitui o maior evento de Agricultura Biológica no panorama nacional, reunindo mais de 80 expositores, entre produtores, lojas e empresas de serviços e factores de produção do sector, associações de defesa do ambiente, artesanato e energias renováveis.

No último ano, pela Feira em Lisboa passaram cerca de 12.000 visitantes.

 

FN agric biol1Sob o tema "Venha conhecer o lado Bio da Madeira", a participação na Terra Sã tem o objetivo de dar a conhecer aos visitantes, a qualidade e variedade dos produtos bio regionais, tanto alimentares como turísticos, e alertar os distribuidores no território nacional para estes mesmos produtos, tentando abrir canais comerciais para os produtores biológicos madeirenses com capacidade para fornecer este mercado.

Os operadores biológicos regionais que participam neste evento encontrarão uma excelente oportunidade para dar a conhecer os seus produtos e para estabelecer novos canais de comercialização, sendo que estão já agendadas reuniões de matchmaking com importadores alemães.

Na sequência de uma parceria entre a AGROBIO e a Câmara de Comércio Luso-Alemã (CCLA), está organizada para o dia 30 de maio, no Salão Nobre do Campo Pequeno, um encontro entre nove importadores alemães de produtos biológicos e produtores portugueses com potencial de exportação (Encontro B2B – Matchmaking).

Os operadores madeirenses que não estarão presencialmente no encontro far-se-ão representar pela OrganicA que reunirá com cada um dos importadores para apresentar os produtos biológicos madeirenses, nomeadamente o mel de cana biológico da Madeira da Fábrica de Mel do Ribeiro Seco, o Vinho Madeira biológico da empresa Vinhos Barbeito e a banana biológica da Madeira, através da GESBA.

Na feira estarão ainda representados os operadores Jordan Andrade, com anona e pera abacate, a produtora Lília Ladeira, com papaia, a Fajã dos Padres, com fruta e alojamento inserido numa exploração convertida ao modo de produção biológico, o mesmo objetivo que leva a Quinta Devónia a integrar esta representação.

Todos os operadores apresentarão prova da certificação ao Modo de Produção Biológico devidamente atualizada, um dos critérios que condicionam a participação na feira, como não poderia deixar de ser.

A Terra Sã Lisboa manterá a tradição de ter um seminário inteiramente dedicado ao tema da feira, que este ano é "A Agricultura Biológica no Ano da Agricultura Familiar", para o qual foi convidado José Carlos Marques, Diretor de Serviços de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária Biológica, que falará sobre a agricultura familiar na Madeira, apresentando as técnicas da agricultura biológica para diminuir os consumos energéticos como fator fundamental para viabilizar e sustentar a agricultura de pequena escala e criar novas oportunidades para os produtores locais.

 

Sílvia Silva
Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural

Comentários  

# Ana Pita 16-03-2015 10:41
Bom dia! Gosto muito de ler os vossos artigos que publicam no jornal, acho-os muito interessantes e gostaria que os enviassem para o meu email. Sou uma pessoa que da muita importância aos produtos naturais e quero estar mais informada de onde os posso encontrar e como posso consumi-los. Desde já o meu muito obrigada.
Responder | Responder com citação | Citar
# DRADR 16-03-2015 11:33
Bom dia.

Agradecemos o comentário feito e, conforme solicitado, adicionámos o seu endereço de correio electrónico à lista de subscritores do DICA.

Com os melhore cumprimentos,
a Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural.
Responder | Responder com citação | Citar

Comentar

Código de segurança
Atualizar