1 1 1 1 1 Pontuação 5.00 (1 Votos)

É possível conservar cenoura da Madeira por muito mais tempo!

cenoura1A Secretaria Regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, através da Direção Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural e da rede de Centros de Abastecimento Agrícola da Madeira (rede CA), procura ir ao encontro dos anseios e necessidades dos seus utentes, ensaiando diversas soluções que possam acrescentar valor às suas produções agrícolas.

Nesse propósito, realizaram-se em 2013 e 2014 dois ensaios de conservação frigorífica de cenoura regional no Centro de Abastecimento Hortícola da Santa (CASA). Cabe aqui recordar que a cultura da cenoura assume um papel relevante nos concelhos situados a oeste e noroeste da Madeira, nomeadamente Ponta do Sol (freguesia dos Canhas), Calheta (freguesia dos Prazeres) e Porto Moniz (freguesia do Porto Moniz, sítio da Santa).

Como objetivos principais destes ensaios, interessava avaliar as vantagens económicas da conservação frigorífica de cenoura regional proporcionadas aos agricultores, bem como os correspondentes benefícios de um maior período de oferta da cenoura e consequente diminuição do período de carência e dependência em relação ao produto importado. Assim, utilizaram-se duas variedades de cenoura, "Chantenay" e "Nantes", conservadas à temperatura de 4ºC e 90-100% HR (Humidade Relativa) e com testemunhas à temperatura ambiente.

Semanalmente, em caixas de 5 kg líquidos por variedade e por temperatura, avaliaram-se parâmetros como o peso, aspetos qualitativos da cenoura (aspeto exterior das cenouras, ocorrência de podridões fisiológicas ou não) e qualidades organoléticas, com recurso a um painel de provadores, sendo que se interrompiam os ensaios quando ocorresse um ou mais de um dos seguintes aspetos: quebra de peso superior a 10%; perda da qualidade visual do material em conservação e propriedades qualitativas das cenouras, nomeadamente sabor desagradável e textura farinhenta.

 

Em ambos os ensaios realizados e ao ter-se constatado que não havia muitas alterações semanais no sabor e textura avaliados por um painel de provadores e por uma escala de 1 a 5, em que 1 era desagradável e farinhenta e 5 era muito agradável e muito sumarenta, respetivamente, assim como o aspeto visual classificado como normal (são) e anormal, resolveu-se avaliar aqueles parâmetros de quinze em quinze dias, sendo que a pesagem foi efetuada semanalmente.

Se no ensaio de 2013, realizado entre junho e agosto, importava aferir se a conservação frigorífica poderia prolongar o tempo de vida comercial da cenoura, mantendo as caraterísticas organoléticas de sabor e textura, bem como o aspeto visual, no segundo ensaio levado a cabo entre meados de abril e finais de julho de 2014, esses aspetos foram tidos em conta conjuntamente com a época do ano em que a cotação da cenoura regional é mais baixa e, logo, menos compensadora para os agricultores.

Assim, chegou-se à conclusão que é possível conservar cenouras das variedades "Chantenay" e "Nantes" de produção regional de meados de abril/início de maio a finais de julho/meados de agosto (cerca de 3 meses e meio), mantendo-se as boas características organoléticas e com perdas de peso residuais, sendo o período atrás referido o mais favorável, porquanto o preço pago ao produtor ser inferior nessa altura do ano, voltando o mesmo a aumentar de setembro em diante.

Se é produtor de cenoura e pretende usufruir deste serviço de conservação frigorífica prestado pelos Centros de Abastecimento Agrícola da Madeira, beneficiando de um período comercial mais vantajoso (a partir de setembro), isto é, quando o preço por quilo pago ao produtor é mais alto, deverá contactar durante o presente mês o CASA (291 850 070), o Centro de Abastecimento Hortofrutícola dos Prazeres (CAPRA – 291 820 270) ou o Centro de Abastecimento Hortícola dos Canhas (CANHAS – 291 970 000) e agendar uma data para a entrega em abril e armazenamento de cenoura regional até agosto.

 

Joaquim Leça
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar