1 1 1 1 1 Pontuação 4.00 (1 Votos)

Quinta Pedagógica dos Prazeres continua na senda dos prémios

diospiros secos Os produtos da Quinta Pedagógica dos Prazeres estão assentes em métodos de produção genuínos e tradicionais e oferecem garantia de qualidade, mediante o apoio técnico especializado da Direção Regional de Agricultura da Secretaria Regional de Agricultura e Pescas.

A qualidade dos seus muitos produtos tem sido reconhecida ao longo dos últimos anos, a exemplo do Vinagre de Sidra e Maracujá que, em 2014, foi reconhecido com o galardão de Melhor dos Melhores, no âmbito do 1.º Concurso Nacional de Vinagres de Vinho e Outros. Ainda nesse ano, foram agraciados com uma medalha de ouro o Doce de Papaia com Laranja e, com uma medalha de prata, a Banana Desidratada.

 

Já em 2015, a Quinta Pedagógica dos Prazeres obteve mais 4 prémios de reconhecimento à especial qualidade de algumas das suas produções inovadoras: três medalhas de ouro para o Licor do Padre Nóbrega, o Vinagre de Sidra com Ervas Aromáticas e os Picles de Pimentão Doce em Vinagre de Sidra com Rosas e uma medalha de prata para o Vinagre de Sidra com Rosas.

E agora, a finalizar o ano, a Quinta Pedagógica foi agraciada com outras 3 medalhas de prata, a saber: doce de feijoa, doce de cenoura e laranja e ainda para o dióspiro seco.

Todos estes prémios decorrem de concursos nacionais, numa organização conjunta do CNEMA (Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas) e da Qualifica (Associação Nacional de Municípios e de Produtores para a Valorização e Qualificação dos Produtos Tradicionais Portugueses), incluídos no programa do Salão Prazer de Provar da Feira Nacional de Agricultura, em Santarém.

Comentar

Código de segurança
Atualizar