1 1 1 1 1 Pontuação 4.80 (5 Votos)

A sidra

sidra1Perante esta fotografia, o que haverá em comum a todas estas pessoas?! Não propriamente o facto de estarem a exibir em simultâneo uma garrafa, a maioria com a mão direita, conquanto se distinga um ou outro canhoto... mas o que os une realmente, com indisfarçável satisfação no rosto de muitos, é o que aquele recipiente contém, algo que todos considerarão precioso... a SIDRA!

A foto foi captada em Gijón, capital da Costa Verde, cidade da comunidade autónoma das Astúrias onde a sidra é uma bebida com longa história, que faz parte do património cultural dos seus habitantes e, como tal, é muito amada e festejada (como bem comprova o registo que utilizamos em epígrafe).

A sidra na Madeira nunca deixou de ser produzida, ao contrário do que aconteceu no resto do país. É uma bebida secular e que muitos madeirenses, sobretudo os mais antigos, continuam a relacionar com o Santo da Serra. De facto, apesar de produzida noutros locais da ilha da Madeira (Machico, Camacha, São Roque do Faial, Jardim da Serra e Prazeres), a sidra esteve sempre muito associada a esta freguesia, havendo mesmo locais emblemáticos onde as pessoas se dirigiam propositadamente para bebê-la. As sidras do Santo da Serra acabam por ser todas distintas, não só pelas variedades de macieiras/pereiros regionais utilizadas como também pela sua elaboração artesanal. Este fim-de-semana, na XXV Mostra da Sidra, estes aspetos estarão muito bem evidenciados, não devendo os apreciadores da bebida perder esta excelente oportunidade de visitarem o Santo da Serra.

Em todo o Mundo, o consumo desta bebida está a aumentar, desde as artesanais até às do tipo “easy drink”, estilo “Somersby”, passe a publicidade. O anúncio por parte do Governo Regional, de que vai avançar decididamente nesta legislatura a construção e equipamento da Sidraria da Madeira, constitui uma ótima notícia, quer para os produtores, quer para os consumidores.

 

Na verdade, a implementação do projeto de construção e equipamento da Sidraria da Madeira está prevista pela Secretaria Regional de Agricultura e Pescas, através da Direção Regional de Agricultura, sendo que se trata de uma infraestrutura tecnológica essencial para alavancar o elevado potencial da sidra e conferir a esta bebida tradicional a mais adequada abordagem aos mercados consumidores, como ainda um contributo essencial para sustentar a produção de maçãs e peros de variedades endógenas da Região Autónoma da Madeira. O projeto será implementado no Centro de Abastecimento Hortofrutícola dos Prazeres – CAPRA, na Nave B deste estabelecimento de preparação comercial de produtos vegetais frescos. O principal objetivo visado é valorizar uma bebida de comprovada tradição na Região Autónoma da Madeira, de produção muito rarefeita por diversos locais, com uma qualidade muito heterogénea e sem requisitos comerciais essenciais para aceder a mercados mais evoluídos, designadamente aos do consumo profissional (hotelaria, restauração e grande distribuição retalhista).

A Sidraria da Madeira permitirá satisfazer todas as exigências de higiene e segurança alimentar e será apetrechada com as tecnologias adequadas que confiram às várias fases da transformação a melhor eficiência e eficácia, permitindo não só que se obtenham sidras de qualidade superior e controlada, como ainda diversificar, inovar e diferenciar as bebidas obtidas.

Competindo muito bem no mercado das soft drinks, onde se integram as cervejas, os públicos a cativar para o consumo das sidras madeirenses serão os jovens adultos residentes e os turistas (não será despiciendo reter que os países emissores de maior número de turistas para a RAM, em particular a Inglaterra, a Alemanha e a França, têm grande tradição na produção e consumo de sidras, abrindo outro vasto leque de potenciais consumidores que, havendo um acesso mais generalizado à bebida, facilmente poderão aderir à experiência do produto similar genuíno da ilha que visitam).

Aproveitamos este espaço para informar que a Confraria Gastronómica da Madeira está a organizar uma visita às Astúrias, precisamente para conhecimento da realidade produtiva da sidra nesta província espanhola, onde a bebida granjeia maior fama. Os interessados deverão contactar a Confraria Gastronómica da Madeira, através do endereço www.amc-cgm.blogspot.pt e manifestar o seu interesse em participar.

Fontes: sidra in Dicionário da Língua Portuguesa com Acordo Ortográfico. Porto: Porto Editora, 2003-2015


Regina Pereira
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Direção Regional de Agricultura

Comentar

Código de segurança
Atualizar