1 1 1 1 1 Pontuação 5.00 (1 Votos)

GESBA1A GESBA – Empresa de Gestão do Setor da Banana, Lda foi criada em setembro de 2008, no âmbito de uma reestruturação do setor da banana da Madeira, que visava a sua própria sustentabilidade, de forma a assegurar o escoamento e a valorização da produção bem como o aumento do rendimento dos produtores, substituindo as cooperativas de produtores.

A reestruturação do setor permitiu a redução de custos pela integração dos meios operacionais, optimizando-se e maximizando-se a gestão dos recursos financeiros e humanos disponíveis. Permitiu também criar uma política comercial que reforçou e valorizou o posicionamento da marca "Banana da Madeira", face à sua qualidade e excelência, de modo a que o setor tenha um crescimento sustentável e continuado.

A reestruturação criou igualmente condições para uma modernização do setor e uma maior monitorização de toda a operacionalidade dentro dos centros de acondicionamento de Banana da Madeira.

O cultivo da Banana da Madeira é de grande importância económica para a Região, quer para os produtores quer para aqueles que participam, direta ou indiretamente, no setor da banana - uma mão de obra que está presente não só na produção mas também na recolha, no transporte, no acondicionamento, no embalamento e na distribuição.

Atualmente, a GESBA recebe a produção de cerca de 2900 bananicultores e, se tivermos em linha de conta os dados de anos anteriores, a produção anual de banana tem vindo a crescer, sendo que, no ano passado, foi de 16 500 toneladas, quantidade que revela um aumento de 10%, face ao ano de 2011, e que geraram um volume de negócios de € 12.377.883.

A banana produzida destina-se a ser comercializada na Região e em Portugal continental, representando cotas de mercado na ordem dos 15% e 85%, respetivamente.

A pensar na consolidação do mercado português, em setembro de 2011 e ao abrigo do Projecto de Promoção e Informação do Símbolo Gráfico das Regiões Ultraperiféricas (RUP), associado à Banana da Madeira, foi lançada uma campanha promocional, com a duração de três anos.

Os objetivos são dar a conhecer o Símbolo RUP e aumentar a notoriedade da Banana da Madeira junto aos consumidores, empresas de distribuição e produtores, através de um conjunto de acções que pretendem dar a conhecer a sua origem, a Madeira, uma das oito Regiões Ultraperiféricas da Europa, e destacar as caraterísticas e qualidades da Banana da Madeira.

Um estudo de impacto que avaliou o primeiro ano da campanha da promoção RUP em torno da Banana da Madeira, realizado pela GFK, permitiu verificar um aumento do conhecimento do Símbolo RUP e a sua respetiva associação à banana nacional.

A Banana da Madeira apresenta o mais elevado índice de notoriedade, em relação às restantes marcas de banana comercializadas em Portugal continental, com um nível de notoriedade de 98%, e com um nível de referência espontâneo de 55 pontos percentuais. O estudo revelou também que a Banana da Madeira é a marca preferida para 52% da população portuguesa. O seu sabor, a sua doçura, o seu tamanho e a sua qualidade foram as razões apontadas pelos consumidores para a preferência da Banana da Madeira.

A Banana da Madeira, fruto do trabalho do que tem vindo a ser desenvolvido, quer ao nível da qualidade quer ao nível da promoção, aumentou a sua notoriedade e reforçou a preferência dos Portugueses, solidificando a nossa presença no mercado português e abrindo novas oportunidades de negócio em novos mercados, num momento bastante propício para um setor em crescimento, como é o da Banana da Madeira.

É essa preferência e abertura que nos move e faz trabalhar cada vez mais em prol da Banana da Madeira.

GESBA4 GESBA5 GESBA

 

GESBA

Questões  

# Marisa Freitas 28-04-2015 14:29
1-As nossas bananas têm algum químico?

2-São tratadas por agricultores profissionais ou não?
Responder | Responder com citação | Citar
# DRADR 28-04-2015 16:45
Boa tarde.

É necessário realizar tratamentos nas plantações de bananeira, de modo a combater as doenças e pragas que atacam esta cultura. No entanto, desde que os agricultores respeitem o Intervalo de Segurança de cada produto fitofarmacêutico é absolutamente seguro consumir a banana, sem riscos para a saúde. Mais se informa que a produção regional de banana, bem como de diversas outras, está sujeita a controlos no âmbito do Programa de Segurança Alimentar da RAM (PSARAM).

O conceito de agricultor profissional na Ilha da Madeira é difícil de definir, pois a maior parte dos agricultores são-no em "part-time", mas são agricultores com experiência, que conhecem as regras de aplicação dos produtos fitofarmacêuticos, muitos já com formação na área de aplicação destes mesmos produtos e que estão munidos de uma lista com os produtos homologados para a cultura.

Com os melhores cumprimentos,
a Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural.
Responder | Responder com citação | Citar
# Sónia Silva 12-01-2016 16:44
Boa tarde.
A banana da madeira é tratada com antibióticos injectados nos cachos ?
Já tem banana da madeira transgénica?
Para além dos químicos que colocam para tratar das pragas existe mais algum tipo de tratamento que fazem neles e se sim é pulverizado na casca ou injectável?

Grata.
Responder | Responder com citação | Citar
# DRA 01-02-2016 15:28
Boa tarde.

A banana produzida na Madeira não é tratada com antibióticos.

De igual modo, na Madeira não existem plantas de bananeira transgénicas.

Por sua vez, os tratamentos sanitários na cultura são efetuados através de pulverização ou aplicação no solo.

Com os melhores cumprimentos,
a Direção Regional de Agricultura.
Responder | Responder com citação | Citar

Tem alguma questão? Coloque-a aqui:

Código de segurança
Atualizar