1 1 1 1 1 Pontuação 5.00 (2 Votos)

prodcoelhos0Sendo o coelho uma espécie de fácil reprodução e crescimento muito rápido, é utilizado desde sempre na Região Autónoma em sistema de produção doméstico onde, para além da carne, o estrume constitui igualmente uma mais-valia apreciada.

Imaginar um sistema produtivo doméstico semi-intensivo não é difícil, conseguindo-se assim proteína animal, parte integrante de uma dieta variada e equilibrada, suficiente para um agregado familiar tipo de 4 pessoas durante todo o ano.

O sistema semi-intensivo proposto baseia-se na existência de duas fêmeas reprodutoras e de um macho reprodutor, que geridos em ciclos produtivos de 40 dias (parição com cobrição ao décimo dia após a parição e desmame dos láparos ao 34 dias de vida) permite esperar um número de coelhos por ano a rondar os 150 animais a abater, com pesos médios de carcaça a rondar os 2,1/2,4 Kg aos 110 dias de vida.

Este sistema funciona com duas gaiolas individuais para as duas fêmeas (0,75 m2 por gaiola/fêmea) e uma gaiola para o macho (0,60 m2).

Na gaiola das fêmeas tem que existir o espaço para o ninho (40 cm de largura e profundidade e altura mínima de 30 cm) que, no caso das dimensões anteriormente referidas para as gaiolas das fêmeas, deverá ser colocado em anexo no exterior, em comunicação com a gaiola da fêmea.

Os comedouros e bebedouros devem também ser colocados externamente, permitindo um melhor acesso e manutenção e não ocupando espaço dentro da coelheira.

Para além das gaiolas dos reprodutores, são fundamentais duas gaiolas para engorda. Essas gaiolas deverão contar com pelo menos 1,2 m2 para cada uma, juntando ao desmame (ao 34.º dia de vida) os láparos das duas fêmeas que crescerão nessa gaiola mais 76 dias.

O sistema funciona com os ciclos ímpares a ocuparem a gaiola de engorda ímpar e os ciclos pares a ocuparem a gaiola de engorda par. Admite-se interromper a reprodução nos meses de outubro a novembro.

As fêmeas devem ser cobertas preferencialmente no mesmo dia (ou com um dia de intervalo), para que possa existir transferência de recém-nascidos de uma para a outra e equilibrar, se necessário, as ninhadas.

prodcoelhos1A raça a utilizar deverá ser uma raça de médio porte, de grande prolificidade e crescimento rápido, a exemplo da "Califórnia".

A base alimentar deverá ser uma ração adequada para crescimento/engorda de coelhos, complementada com forragem seca ou verde à discrição.

De igual modo, a proteção veterinária é fundamental (principalmente nos reprodutores), através da vacinação conta a mixomatose e febre hemorrágica.

Nas coelheiras de engorda, e caso os láparos machos comecem a lutar entre si, estes devem ser abatidos imediatamente, mesmo que com peso e idade inferior aos 110 dias.

Paulo Rodrigues

Comentar

Código de segurança
Atualizar